Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

09/12/2010 06:47

P-SOL recorrerá contra decisão que tirou Jean Willys da Câmara dos Deputados

Débora Zampier, Agência Brasil

Brasília – O presidente do P-SOL no Rio de Janeiro, Jefferson Moura, afirmou hoje (8), por meio de nota, que o partido recorrerá contra decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que tirou a vaga de Jean Willys (P-SOL-RJ) para a Câmara dos Deputados. Willys recebeu 13.018 votos e havia ficado com a última vaga do Rio de Janeiro na Câmara.


Ontem à noite (7), o ministro Marco Aurélio Mello, do TSE, determinou a recontagem de votos no estado após decidir uma ação ajuizada pelo Partido Trabalhista do Brasil (PTdoB). O ministro decidiu dar para o partido os votos de 18 candidatos da legenda que concorreram com o registro negado, e logo, tiveram os votos anulados.


Com a recontagem, o quociente eleitoral do PTdoB mudaria e Cristiano José Rodrigues de Souza, que teve 29.176 votos, ficaria com a vaga de Willys. “Em nosso entendimento tal fato não se coaduna com o resultado democrático das urnas. A possibilidade de computar votos de candidatos impugnados ao quociente eleitoral, impossibilita a garantia do voto legitimado nas urnas”, afirmou o presidente do P-SOL.


Para que Willys seja diplomado, a decisão de Marco Aurélio precisa ser revertida até o dia 16 de dezembro, data em que o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) fará a diplomação dos eleitos no estado. A decisão do ministro abre precedentes para que outros partidos peçam recontagem dos votos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)