Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/09/2007 13:36

P-SOL entra com quarta representação contra Renan

Priscilla Mazenotti /ABr

Brasília - A lista de processos enfrentados pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), pode aumentar. O P-SOL protocolou hoje (6) na Mesa Diretora da Casa uma nova representação contra o senador por quebra de decoro parlamentar. Se for aceita, essa será a quarta representação contra Renan em andamento no Senado.

Dessa vez, o P-SOL pede que o Conselho de Ética investigue denúncias publicadas na imprensa de que Renan Calheiros e o lobista Luiz Garcia Coelho fariam parte de um esquema em ministérios do PMDB para favorecer o banco BMG na obtenção de facilidades nos contratos de empréstimos consignados.

“Infelizmente, o P-SOL toda semana tem de apresentar uma nova representação porque toda semana é uma nova patifaria apresentada pelo jornalismo investigativo”, disse a ex-senadora e presidente do partido, Heloísa Helena.

O presidente do Conselho de Ética, senador Leomar Quintanilha (PMDB-TO), afirma que há uma “banalização” nas representações protocoladas contra Renan Calheiros. “Isso banaliza. Dá a impressão de que querem achar uma forma de realmente descaracterizar o trabalho do senador [Renan Calheiros]. Fica repetindo e repetindo as coisas, daqui um pouco quem é que vai acreditar."

A primeira representação enfrentada por Renan Calheiros – e que pede a cassação do mandato dele - investiga se o senador teria tido contas pessoais pagas por um lobista. Essa representação, aprovada no Conselho de Ética, será votada na próxima quarta-feira no plenário do senado. Se aprovada por maioria absoluta dos senadores (mais de 41 votos), Renan Calheiros perde o mandato de senador. Tanto a sessão quanto a votação serão secretas.

A segunda representação, que investiga se Renan Calheiros teria beneficiado a cervejaria Schincariol depois que a empresa comprou uma fábrica superfaturada do irmão dele, está em fase de instrução. No início da semana, Renan encaminhou ao relator do processo no Conselho de Ética, senador João Pedro (PT-AM), sua defesa escrita. Agora, cabe ao relator analisar a documentação e decidir próximos depoimentos ou diligências.

A terceira representação contra Renan Calheiros, que investiga se ele teria usado “laranjas” para comprar emissoras de comunicação em Alagoas, ainda aguarda a definição de relator no Conselho de Ética.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)