Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

23/07/2010 07:06

Orgânicos oferecem opção de renda e produção saudável

Sebrae

“Produção orgânica é viável, é rentável e a natureza agradece”. Seguindo este lema o ator e produtor rural Marcos Palmeira, realizou seu sonho de possuir uma propriedade rural totalmente natural, livre da utilização de agrotóxicos e com a integração como forte aliada. Proprietário da fazenda Vale das Palmeiras, localizada em Teresópolis (RJ), o produtor apresentou sua experiência e os bons resultados desse cultivo, durante a palestra Sistemas Agroecológicos de Produção, realizada na tarde desta quinta-feira (22) durante a Feira do Empreendedor, do Sebrae/MS.

O produtor, que defende a valorização pessoal e a preservação à natureza, apresentou aos participantes sua história, que teve início com a conscientização de seus funcionários. “Quando adquiri a fazenda, percebi que os agricultores não consumiam a produção da horta e pomar, isso porque eles sabiam os riscos dos agrotóxicos utilizados. A partir daí, percebi a importância dos alimentos produzidos sem veneno e decidi mudar a rotina do cultivo”, explica.

Com o apoio do sócio e engenheiro agrônomo Aly Ndiaye, Marcos Palmeira revolucionou o cultivo de hortaliças e legumes, adotou o replantio de florestas, a fabricação do adubo utilizado, a utilização dos próprios animais no combate às pragas e provou que a simplicidade e o respeito ao meio ambiente também podem oferecer bons resultados financeiros. “A produção orgânica não é novidade, é apenas um resgate da forma como nossos avós e bisavós trabalhavam na roça, sem o uso de produtos tóxicos, sem a destruição do meio ambiente. Isso reflete diretamente nos resultados da produção animal e na mesa e na saúde da população”.

Atualmente, a marca Vale das Palmeiras é a responsável por grande parte do abastecimento de orgânicos no Rio de Janeiro. Cerca de 86% de sua produção é destinada aos supermercados. “Ainda há o mito que os orgânicos são caros e inacessíveis. Cada dia mais esse mito se dissolve e tanto a população, quanto o produtor, percebem que sem gastar com agrotóxicos, a produção é mais barata, com produtos de qualidade e saudáveis. Temos que valorizar a terra, é dela que tiramos o que comemos”, finaliza Marcos Palmeira.

PAIS – O Programa de Agroecologia Integrada Sustentável (PAIS) e os grandes benefícios desse tipo de prática foram amplamente apresentados pelo engenheiro agrônomo Aly Ndiaye, que mostrou aos participantes o quanto é importante para os produtores de orgânicos, se adequar ao projeto e apontou o PAIS como um grande aliado ao produtor rural “O trabalhador do campo ainda é muito esquecido e o PAIS vem como um experimento de tecnologia social simples e eficaz”, garante.

Vale lembrar que a partir de 31 de dezembro de 2010, entra em vigor o decreto que torna obrigatória a necessidade de certificação para que um produto possa assumir a nomenclatura de “orgânico”. Produtos com selos de certificadoras não reconhecidas pelo governo ou sem qualquer tipo de certificação poderão ser multados e retirados de circulação.

A certificação é necessária para que, ao adquirir um alimento orgânico, o consumidor tenha garantia que ele foi produzido, processado ou armazenado sem o uso de adubos químicos ou defensivos agrícolas.

Serviços – A Feira do Empreendedor acontece até o dia 25 de julho, das 14 às 22 horas, no Centro de Exposições Albano Franco. A entrada é gratuita.

Para esta sexta-feira (23), a palestra magna: estratégia de Diferenciação – Caso de Sucesso Le Lis Blanc, traz a empresária de moda Traudi Guida, às 19h30.

Durante todo o horário de funcionamento da Feira do Empreendedor, são realizadas diversas palestras, oficinas, capacitações e rodadas de negócios nos 11 salões do evento

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)