Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

29/06/2005 15:50

Oposição repudia urgência para CPI da Compra de Votos

Agência Câmara

A oposição e os governistas trocam acusações em plenário por causa da tentativa do governo de criar, na sessão extraordinária que ocorre neste momento, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Compra de Votos. A comissão proposta pelo líder do PL, deputado Sandro Mabel (GO), tem como objetivo investigar as denúncias de pagamento de "mensalão" a parlamentares do PL e do PP em troca de apoio ao governo, além das suspeitas de compra de votos para que a emenda da reeleição fosse aprovada em 1997.
Logo depois da retirada de pauta da Medida Provisória 249/05 (em virtude da edição da MP 254/05, também sobre a Timemania), os governistas apresentaram um pedido de urgência para criar a CPI, o que revoltou a oposição.

Fim da sessão
Os oposicionistas reagiram pedindo o fim da sessão extraordinária, porque ela havia sido iniciada com pauta definida - justamente a MP 249/05, que acabou sendo retirada. "É um desrespeito ao Regimento da Casa", definiu o líder do PFL, Rodrigo Maia (RJ), ao saber que o presidente da Câmara, Severino Cavalcanti, determinou a votação do pedido de urgência para a CPI. Severino pediu ordem aos deputados.
Na avaliação dos oposicionistas, a CPI da Câmara sobre a compra de votos seria uma estratégia para "abafar" a CPMI dos Correios, que já está em andamento no Congresso.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)