Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

11/06/2008 15:36

Oposição não consegue aprovar convocação de ministra

Agência Câmara

Deputados de oposição apresentaram diversos requerimentos para convocar autoridades do governo, inclusive a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, para esclarecer as denúncias de favorecimento ao fundo de investimentos americano Matlin Patterson na venda da Varig e da VarigLog. Nenhum deles foi aprovado nesta manhã.

Na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle, três requerimentos foram apresentados pelo deputado Duarte Nogueira (PSDB-SP). Um deles foi rejeitado e outros dois não foram votados em razão do início da Ordem do Dia no Plenário. A comissão rejeitou a convocação do diretor da VarigLog Marco Antônio Audi e do advogado Roberto Teixeira, amigo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Não foram votados requerimentos para a convocação de ex-diretores da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff.

Na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio, o deputado Fernando de Fabinho (DEM-BA) pediu a retirada de pauta de requerimento de sua autoria para a convocação da ministra Dilma Rousseff e da ex-diretora da Anac Denise Abreu, por temer a rejeição do pedido. Ele não anunciou se vai pedir a inclusão do requerimento na pauta da próxima reunião.

Parlamentares da base aliada já adiantaram que vão apresentar requerimento para convidar a ex-diretora da Anac Denise Abreu para explicar as denúncias de interferência da Dilma Rousseff no caso Varig. O deputado Paulo Pimenta (PT-RS), por exemplo, argumenta que a Comissão de Fiscalização Financeira tem a obrigação de analisar as denúncias, sem transformar o debate, no entanto, em uma disputa pré-eleitoral. Ele explicou que a intenção é convocar Denise Abreu e o ex-presidente do Conselho de Administração da Varig Davi Zylbersztajn.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)