Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/02/2016 19:14

Operação Parajás completa 1 mês e apreende R$ 4,3 mi em mercadorias e veículos

Renata Volpe Haddad, Campo Grande News

Em conjunto com a Polícia Federal e com apoio da Polícia Rodoviária Federal, a Operação Parajás completa um mês de combate aos crimes transfronteiriços em Mundo Novo, distante 476 km de Campo Grande, e já apreendeu mais de 700 mil maços de cigarros, totalizando R$ 3,1 milhões.

De acordo com os dados das apreensões, desde o dia 18 de janeiro, são mais de R$ 3,2 milhões de mercadorias recolhidas e R$ 918 mil de 15 veículos apreendidos.

São mais de 50 servidores da Receita Federal que estão trabalhando 24 horas na vigilância e repressão ao contrabando e descaminho, tanto em zona secundária quanto no Posto Fiscal Leão da Fronteira, realizando fiscalização de veículos e bagagens.

A vigilância ocorre também em barreiras fixas e móveis em rodovias, estradas vicinais e pontos de parada de veículos, dificultando a possibilidade de entrada no território nacional de produtos ilegais e danosos à saúde pública, à segurança e aos interesses da Fazenda Nacional.

Segundo o superintendente da 1ª Região Fiscal, José Oleskovicz, a Operação Parajás, realizada no âmbito da Operação Fronteira Blindada, desenvolve ações que valorizam e engrandecem a atuação da instituição na prevenção e combate à sonegação fiscal. "E também ao contrabando, descaminho, pirataria, fraude comercial, tráfico de drogas e de armas e outros atos ilícitos naquela importante região de fronteira com o Paraguai", informou.

Operação - A Operação Parajás foi desencadeada em resposta ao ataque sofrido por agentes da Receita Federal durante apreensão milionária de cigarros no dia 13 de janeiro deste ano.

Criminosos dispararam contra os servidores, inclusive com fuzis, após apreensão de cigarros contrabandeados. A carga, aproximadamente 1.250 caixas de cigarros estrangeiros, foi avaliada em R$ 3 milhões.

O veículo transportador, com fortes indícios de adulteração, foi avaliado em R$ 300 mil. Durante a ação, nenhum servidor foi atingido. O nome da operação remete à mitologia ameríndia tupi-guarani. Parajás são figuras que representam a honra, o bem, e a justiça.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)