Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

05/06/2015 14:10

Operação Malha Verde desmascara transporte ilegal de madeira

Ibama

Iniciada em março deste ano, a Operação Malha Verde emitiu, até o momento, 303 autos de infração e quase R$ 4,9 milhões em multas. A operação conseguiu desmascarar e interromper um esquema ilegal de transporte de madeira serrada que estava criando vários prejuízos para o estado e a sociedade, tanto em nível econômico como ambiental.

A partir de análise dos dados fornecidos no Sistema Documento de Origem Florestal (DOF) por parte dos analistas ambientais do Ibama no Amapá, foi identificado e paralisado um esquema de fraude por meio do qual três empresas amapaenses esquentavam madeira ilegal de um resíduo denominado “rolete”, cuja fabricação não existe no estado, para acobertar madeira serrada.

De 2013 a 2015, esse esquema já movimentou mais de cinco mil metros cúbicos de madeira serrada. Isso corresponde a mais de 10 mil metros cúbicos de toras de espécies nobres, como maçaranduba, ipê, cumaru e angelim-vermelho, retiradas ilegalmente da Amazônia. O material era processado em serrarias e enviado na forma de madeira beneficiada para 75 empresas em 13 estados, envolvendo aproximadamente 300 carretas no transporte. Todos os envolvidos, vendedores, compradores e transportadores, foram responsabilizados administrativamente e denunciados ao Ministério Público já que a infração é crime ambiental.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)