Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/06/2007 15:35

Operação Judas: Promotor fala sobre valor desviado

"A ação civil pública tem como valor da causa R$ 22 milhões, isso não significa que é o dinheiro que o município teria perdido. Nela está abrangido além do valor desviado, que nós calculamos ter sido algo em torno de R$ 6 milhões a R$ 6,5 milhões, tem as multas administrativas, o ressarcimento em triplo do que conseguimos investigar por cada um dos requeridos, tem o dano moral que o servidor público honesto sofreu e a sociedade também", informou o promotor Fábio Ianni Goldfinger hoje à Rádio Patriarca.

Goldfinger explicou que o valor defendido pela Força Tarefa como tendo sido desviado da Prefeitura, foi apurado baseado nos vales recolhidos na Prefeitura, “através dos vales conseguimos delinear como era feita à subtração de dinheiro, os tributos do município eram depositados no cofre da Prefeitura e lá no cofre o dinheiro era sacado, ou por particular, ou pra pagar algum exame, ou seja, todo o saque ali no cofre é ilegal, ainda que o executivo tenha se utilizado daquele dinheiro, ou para pagar algum exame, ou para pagar uma mudança, ele não poderia fazer através daquela forma, pois há destinação específica para isso. A soma de determinadas provas que existem, nos faz chegar a essa conclusão”, acrescentou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)