Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

27/06/2007 14:30

Operação Judas: Força Tarefa anuncia novas investigações

A Força Tarefa responsável pelas investigações da Operação Judas, confirmou hoje através do delegado dr. Paulo Henrique Rosseto de Souza a existência de um vale de R$ 985 com as inscrições "CVC e ANPV". Segundo dr. Paulo estas inscrições se referem a uma viagem de cruzeiro realizada pelo prefeito José Donizete e o secretário de Turismo Adenilson Pereira Camargo com as respectivas esposas, "esse valor se refere ao pagamento de parte das despesas dessa viagem. Esse fato é confirmado pelo sr. Paulo Mariano que foi oitivado nessa unidade policial e confirma que realmente houve essa situação, a sra. Luceny também confirma que foi sacado numerário da Prefeitura para que fosse gasto durante a viagem", informou.

A Força Tarefa, também está investigando alguns vereadores da Câmara Municipal de Cassilândia, segundo dr. Paulo Rosseto, "nós conseguimos demonstrar, ainda estamos na fase inicial das investigações, mas já conseguimos demonstrar que alguns vereadores possuem um patrimônio que é totalmente incompatível com os seus vencimentos, o que é um forte inidicío da existência do mensalinho mencionado pelo sr. Waldimiro, confirmado por algumas testemunhas. Já foram oitivados 8 vereadores, que negam ter havido esse mensalinho. No entando os indicíos que nós temos, inclusive com algumas provas demonstram que realmente existiu essa prática e nós estamos agora apurando com maior precisão, para que nós não façamos um juízo negativo, no sentido de se imputar culpa a alguém que nada tem a ver com a situação", acrescentou.

Ao finalizar, dr. Paulo destacou que a Força Tarefa está investigando a possível existência de "empresas fantasmas", que teriam participado de licitações junto à Prefeitura. "Nós ainda não temos confirmação desse fato, existe apenas indicíos, porquê os endereços comerciais desses estabelecimentos, o contrato dos mesmos por exemplo não é para funcionar um comércio e sim um contrato comercial, o que demonstra que há alguma ilicitude, alguma irregularidade nessa conduta", finalizou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)