Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/06/2010 10:55

Operação Formatura: PF investiga venda de diplomas em MS

Campo Grande News/ Aline Queiroz

Agentes da PF (Polícia Federal) fizeram esta madrugada a Operação Formatura, que tinha objetivo de desarticular um grupo suspeito de vender diplomas falsos. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão em Mato Grosso do Sul e mais seis Estados.

A ação foi feita em Campo Grande e mais sete cidades, Alcinópolis, Rio Negro, Sidrolândia, Nova Andradina, Corumbá, Ponta Porã e Ivinhema.

Segundo a assessoria de imprensa da PF, a organização agia em Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, São Paulo, Espírito Santo, Paraná, Rio de Janeiro e Santa Catarina. Dos 59 mandados de busca e apreensão expedidos pela 5ª Vara da Justiça Federal, de Campo Grande, 25 foram em Mato Grosso do Sul.

Somente em Campo Grande, foram 14 locais vasculhados pela PF. Na ação foram apreendidos materiais como computadores, certificados, diplomas e carimbos.

Segundo a PF, a irregularidade constatada trata-se de confecção de certificados de conclusão de curso ou diplomas falsos, especialmente no que se refere à conclusão de ensino a distância relacionado aos ensinos médio e fundamental.
As investigações foram iniciadas no ano de 2008, por ocasião de denúncia recebida, via internet, pela PF de Campo Grande (MS), que instaurou inquérito para apurar as irregularidades em toda sua extensão, bem como identificar estabelecimento e pessoas envolvidas no esquema.

Paulistec - Em maio a escola Paulistec foi fechada após investigação da Decon (Delegacia Especializada de Atendimento ao Consumidor), que comprovou a emissão de diplomas falsos para alunos que não frequentavam aulas. O prejuízo aos alunos ultrapassa R$ 600 mil.
A Paulistec funcionava na Rua 13 de Maio, onde foram apreendidos pela Polícia Civil registros de 1.259 alunos. A empresa pertence a Mauro de Napoli.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)