Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

07/07/2009 16:38

Operação da PF prendeu 41 por prejuízo de R$ 20 milhões

Edivaldo Bitencourt, Campo Grande News

Coordenador da Operação Owari, o delegado da Polícia Federal Bráulio Galoni, afirmou que a organização criminosa deu prejuízo de aproximadamente R$ 20 milhões aos cofres públicos das prefeituras da região, principalmente, Dourados e Ponta Porã. Durante entrevista coletiva, ele confirmou que 41 pessoas foram presas, sendo que quatro tiveram a prisão preventiva decreta pela Justiça. Ele não divulgou os nomes dos envolvidos no esquema.

De acordo com Galoni, o grupo fraudava licitações em diversas áreas, incluindo-se a área de saúde. Para perpetuar o esquema, que passava de uma administração para outra, o grupo cooptava servidores públicos municipais.

Além de Dourados, segunda maior cidade do Estado, e de Ponta Porã, o quinto maior município, a quadrilha mantinha esquema em outras prefeituras da região, incluindo-se o município de Naviraí. Cerca de 300 policiais federais participaram da operação, que apreendeu veículos, documentos e até dinheiro. A quantia apreendida não foi divulgada.

Nomes – O delegado da PF, que comanda a operação junto com as promotoras de Justiça Cristiane Amaral Cavalcante e Cláudia Loureiro Ocariz Almirão, não confirmou os 41 nomes dos empresários, secretários e vereadores presos na região sul de Mato Grosso do Sul

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)