Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

12/12/2008 15:10

Operação da PF não apreendeu nada em Ponta Porã

Nadyenka Castro, Campo Grande News

Nada foi apreendido em Ponta Porã, a 334 quilômetros de Campo Grande, na operação Aracne, desenvolvida pela PF (Polícia Federal) nesta sexta-feira em Mato Grosso do Sul, no Distrito Federal e mais seis Estados.

De acordo com a PF, no endereço alvo do mandado de busca e apreensão, nada foi encontrado que pudesse ser útil nas investigações sobre tráfico internacional de cocaína.

Segundo a PF, o alvo era uma residência onde mora um homem apontado como laranja. Ele teria emprestado a conta bancária para movimentação de dinheiro proveniente do tráfico de drogas.

Esta foi a única ação da operação em Mato Grosso do Sul. Foram realizadas ações no Mato Grosso, Goiás, São Paulo, Maranhão, Minas Gerais e Espírito Santo.

Foram expedidos 52 mandados de prisão preventiva e 73 mandados de busca e apreensão em 29 municípios. As ordens judiciais foram expedidas pela 5ª Vara Federal de Mato Grosso. A investigação, realizada pela Delegacia de Polícia Federal em Barra do Garças (MT), começou em setembro de 2007.

O entorpecente era fornecido à organização criminosa por dois cartéis de narcotraficantes bolivianos. A droga era trazida em aeronaves e depois armazenada em fazendas no Mato Grosso. O lucro obtido com o tráfico era submetido a operações de lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

A justiça decretou a quebra dos sigilos bancário e fiscal dos investigados, bem como o seqüestro e indisponibilidade dos seus bens, direitos e valores. Desde o início da investigação, 17 pessoas foram presas e quase 3 toneladas de pasta base de cocaína foram apreendidas.

Os investigados responderão pelos crimes de tráfico internacional de drogas e associação para o tráfico. Outros envolvidos responderão por lavagem de dinheiro e corrupção.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)