Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

20/04/2004 16:57

Onze fraudadores do INSS foram presos hoje no Mato Gosso

Agência Brasil

A Polícia Federal prendeu, hoje, 11 fraudadores do INSS no município de Várzea Grande (MT), sendo quatro servidores do INSS e sete pessoas não ligadas à instituição. A operação denominada de "mortos vivos" foi iniciada às 6h e tenta realizar a prisão temporária de mais oito pessoas. Uma delas trabalha na Previdência Social.

A Força Tarefa no Estado, composta por servidores do INSS, do Ministério Público e da Polícia Federal, descobriu que os servidores reativavam benefícios já suspensos pela Previdência Social, emitiam comandos para o pagamento de valores atrasados e nomeavam procuradores para receber os valores nos bancos.

No período de 1999 a 2004 houve comando de pagamento de atrasados indevidos para 184 benefícios já identificados, o que causou prejuizo de mais de R$ 1,2 milhão. A Força Tarefa começou a funcionar no Mato Grosso em agosto de 2003. Um dos indícios da fraude foi que, no período de janeiro de 2003 a março de 2004, a soma de pagamentos atrasados em nove agências do Estado chegou a R$ 108,7 mil. Apenas em Várzea Grande, no mesmo período, o número foi de R$ 799,6 mil.

O trabalho de investigação preliminar levantou indícios de outras irregularidades na Agência da Previdência Social em Várzea Grande, que envolvem benefícios antigos vinculados à área rural e segurados com idade superior a 80 anos, alguns inclusive nascidos em 1890.

As informações são do Ministério da Previdência Social.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)