Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

19/02/2004 15:01

ONU declara 2004 como o ano internacional do arroz

Agência Brasil

Para 3 bilhões de pessoas no mundo, um dia não começa bem sem um prato de arroz. Esse é o principal alimento de metade da humanidade. Devido à importância do cereal para a alimentação mundial, a Organização das Nações Unidas (ONU) escolheu 2004 como o “Ano Internacional do Arroz”.

A parte efetiva do programa promete defender medidas para assegurar a cultura do arroz e melhorar sua produção, para as populações que dependem do alimento.

Sobretudo países asiáticos devem ter melhor acesso ao mercado mundial, sem esquecer da ecologia ou da diversidade cultural. Esse é um dos tópicos da ONU no seu programa de combate à fome no mundo.

Para concretizá-lo, especialistas irão discutir a importância da diversidade biológica do arroz e o combate à monocultura. “A diversidade genética do arroz atrai também muitas empresas do ocidente. Mundialmente já existem 160 patentes do cereal”, lembra Anne-Marie Holenstein, presidente da Claro Fair Trade AG, uma empresa criada por ONGs suíças para comercializar produtos de países pobres, à base do comércio justo.

Outro problema grave é o armazenamento e transporte do cereal: em muitos países pobres, onde a infra-estrutura é deficitária, é muito comum o desperdício de até 15% das colheitas.

Arroz turbinado

Com o objetivo de combater os problemas de cegueira causados por carência alimentar, pesquisadores suíços desenvolveram um arroz que pode solucionar com o problema.

Há cinco anos, um grupo de pesquisa na Escola Politécnica de Zurique desenvolveu por meio da engenharia genética uma nova espécie de arroz. Ele é chamado de “GoldenRice” e pode ser utilizada no cruzamento com espécies comuns. Sua maior vantagem são as altas concentrações de beta-carotina, um estágio anterior da Vitamina A.

100 mil tipos de arroz

Arroz não é apenas arroz. Pesquisadores acreditam que já existiram mais de 500 mil tipos do cereal. Hoje elas seriam apenas 100 mil.

As primeiras plantações de arroz foram encontradas na bacia do rio Yangtsé, no sul da China, há mais de oito mil anos. Na China, cada pessoa come, em médio, são 96 quilos de arroz por ano. Em países como a Tailândia, as pessoas costumam se cumprimentar dizendo: “Você já comeu arroz hoje?”.

Da produção mundial de arroz, avaliada em 480 milhões de toneladas, 98% são para o consumo interno. Os grandes exportadores para a Europa são os Estados Unidos e a Itália.

As informações são da Swissinfo.org

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)