Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

23/03/2005 09:08

OMS: Tuberculose afeta atualmente um terço da população

Bianca Estrella/ABr

Amanhã (24) é o Dia Mundial de Luta Contra a Tuberculose. A data foi escolhida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para avançar contra essa doença que afeta atualmente um terço da população mundial. A cada ano, são cerca de 8 milhões de casos novos, o que significa 23 mil doentes detectados por dia. São 2 milhões de mortes por ano, 5 mil a cada dia, uma a cada 15 segundos.

No Brasil, existem 92.472 casos da doença registrados, com uma taxa de incidência de 48,4 por grupo de 100 mil habitantes. O país está entre os 22 onde ocorrem 80% dos casos de tuberculose em todo o mundo. Em entrevista à Rádio Nacional o médico do ambulatório da Santa Casa de Misericórdia, Mauro Gomes, falou da evolução da doença no Brasil e no mundo. "Em países desenvolvidos a doença estava próxima da erradicação, mas com o surgimento do HIV, o surto migratório dos países subdesenvolvidos para esses países, devido às guerras, e uma série de fatores fizeram a tuberculose ressurgir nesses países", afirmou.

Segundo dados da Secretaria de Vigilância em Saúde, cerca de 6 mil pessoas morrem todos os anos no país em decorrência da tuberculose. Nos últimos anos, a média de detecção foi de 85 mil novos casos. Por conta disso, o Programa Nacional de Controle de Tuberculose é uma das prioridades do Ministério da Saúde. Hoje, o programa conta com o maior investimento dos últimos dez anos e, até 2007, serão aplicados R$ 119,5 milhões.

A tuberculose é uma doença grave, transmitida por uma bactéria que é lançada no ar pelas pessoas contaminadas ao falar, espirrar ou tossir. "Praticamente 100% da população brasileira já teve contato com a bactéria pelo fato de a tuberculose ser uma doença de grande incidência em nosso país. A imunidade (do organismo de cada um) é que vai determinar se a pessoa vai se contaminar ou não", explicou Mauro Gomes.

O médico lembrou que a tuberculose tem cura e o tratamento, que dura seis meses, não poder ser abandonado pelo paciente em hipótese alguma. O tratamento é gratuito nos postos de saúde e toda pessoa que tiver tosse com secreção há mais de seis meses deve procurar um posto de saúde para fazer o teste.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)