Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

11/10/2005 14:53

Oito estados proíbem carne de Mato Grosso do Sul

Inara Silva / Campo Grande News

A confirmação de febre aftosa em animais da fazenda Vezozzo em Eldorado, no interior do Mato Grosso do Sul, fez com que oito estados brasileiros adotassem medidas para impedir a entrada de gado sul-mato-grossense. As barreiras foram adotadas pelos governos do Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso. Nesta terça-feira, 582 cabeças de gado da propriedade estão sendo sacrificadas, além disso foram interditadas fazendas em cinco municípios de Mato Grosso do Sul: Eldorado, Iguatemi, Itaquiraí, Japorã e Mundo Novo; juntos, eles têm 685.874 cabeças de gado.
A Secretaria de Agricultura de São Paulo proibiu a entrada no estado de bovinos, carne processada e outros produtos de origem animal (ovinos e caprinos) oriundos das cinco cidades. Os postos de vigilância sanitária nas estradas de acesso ao estado do Rio de Janeiro já estão orientados para não deixar entrar no território fluminense gado ou carne de boi procedente de Mato Grosso do Sul. O Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso proibiu por tempo indeterminado o trânsito de animais, produtos e subprodutos vindos do extremo Sul do Estado. Em Santa Catarina, além de 18 barreiras para bovinos, a instrução normativa também proíbe o ingresso e a passagem de grãos e frutas procedentes de estabelecimentos situados a menos de 25 quilômetros da área considerada de risco sanitário, em Eldorado (MS).
O Mato Grosso do Sul tem o maior rebanho do Brasil, com 25 milhões de cabeças de gado e responde por 50% da exportação de carnes do Brasil. O Ministério da Fazenda anunciou que vai enviar recursos emergenciais para o combate à doença. Com informações do jornal O Globo e Agência Brasil.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)