Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

22/01/2007 17:30

OIE discute sanidade bovina de MS dia 29 em Paris

Campo Grande News/Sandra Luz

O chefe da Comissão Técnica das Américas para a OIE (Organização Internacional de Epizzotias) Jamil Gomes de Souza participa amanhã de reunião com as autoridades sanitárias sul-mato-grossenses para conhecer as ações desenvolvidas com objetivo de recuperar o status sanitário do Estado. Durante a reunião, Souza vai receber subsídios para defender Mato Grosso do Sul na reunião técnica da OIE que ocorre dia 29 em Paris.

Desde outubro de 2005, o Estado perdeu o status de zona livre de febre aftosas com vacinação em decorrência de um foco da doença localizado no município de Eldorado. Desde a identificação do foco, as autoridades sanitárias que atuam em Mato Grosso do Sul tomaram uma série de medidas para conter o avanço da doença, que reduz a produtividade do rebanho. Houve, ainda, trabalho para evitar que novos focos fossem disseminados no rebanho.

Por meio de assessoria de imprenssa, a secretária de Desenvolvimento Agrário, da Produção e do Turismo (Seprotur), Tereza Cristina Correa da Costa Dias, afirmou que o representante terá poucos minutos para expor as medidas, por isso deve priorizar os assuntos mais importantes. A secretária vai acompanhar a comissão que segue a Paris para assistir a reunião. Os detalhes com o representante da OIE serão abordados em reunião às 10h30 horas, na Seprotur.

Entre as medidas adotadas para conter a doença e evitar novos focos esteve o atendimento em horário integral dos escritórios do Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) e Agenfas (Agencias Fazendárias). As propriedades rurais foram recadastradas e a fiscalização na faixa de fronteira intensificada.

Por conta da perda do status sanitário, a maioria dos mercados de carne fecharam as portas para Mato Grosso do Sul. Os mercados foram abertos gradativamente, mas houve perda para a economia do Estado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)