Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

09/07/2016 18:00

Obama nega que EUA vivam racha entre brancos e negros

Agência Brasil

 

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, condenou novamente os casos de violência policial e racial que atingiram o país e voltou a pedir mudanças na legislação sobre a venda de armas de fogo. Em Varsóvia, Obama disse neste sábado (9) que esta foi "uma semana dura", mas se negou a dar vazão para a ideia de que os EUA estejam divididos em um novo conflito entre brancos e negros.

"Acredito firmemente que a América não está dividida como alguns sugerem", disse Obama em uma coletiva de imprensa. "Os norte-americanos de todas as raças estão indignados com os ataques em Dallas e em outros lugares", explicou.

Há dois dias, um protesto em Dallas contra a violência policial terminou em tragédia, quando um homem, identificado como Micah Xavier Johnson, matou cinco agentes e feriu outros seis, aparentemente por vingança pela suposta brutalidade empregada pelos oficiais brancos contra jovens negros. Os episódios mais recentes de brutalidade se referem a três rapazes negros que foram mortos a tiro em abordagens policiais.

Em seu discurso, Obama tentou amenizar o clima entre os norte-americanos e afirmou que o atirador de Dallas "não representa os negros" dos Estados Unidos. "Não podemos deixar que ações de poucos definam todos os norte-americanos", comentou o presidente.

Protestos

Os recentes tiroteios entre policiais brancos e jovens negros também desencadearam uma série de protestos em todo o país e reforçaram as campanhas que ocorrem há quatro anos pelo fim da violência racial. Em Rochester, em Nova York, as autoridades prenderam 74 pessoas por "desordem" em manifestações, entre elas duas repórteres negras. Na cidade de Phoenix, a polícia prendeu outros três manifestantes e usou spray para impedir que os ativistas bloqueassem uma estrada.

Viagem

Obama, que estava em viagem pela Europa, decidiu antecipar em 24 horas seu retorno aos EUA para acompanhar de perto os acontecimentos. Ele deveria fazer a primeira viagem oficial de um mandatário norte-americano à Espanha nos últimos 15 anos. Mas Obama pulará sua ida a Sevilha e viajará somente para Madri, onde haverá reuniões com políticos e autoridades. Obama está na Polônia para uma cúpula da Organização do Tratado do Atlântico Norte .

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)