Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

25/02/2013 17:37

OAB/MS entrega carteira profissional ao mais jovem advogado cego do país

OAB/MS
Bruno Duarte Mello, que perdeu a visão aos seis anos de idade, recebu carteira profissional da OAB, com apenas 21 anos (Foto: DIvulgação)Bruno Duarte Mello, que perdeu a visão aos seis anos de idade, recebu carteira profissional da OAB, com apenas 21 anos (Foto: DIvulgação)

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), entregou nesta segunda-feira (25) a carteira profissional ao mais jovem advogado deficiente visual do país, Bruno Duarte Mello, que perdeu a visão aos seis anos de idade. Hoje, com apenas 21 anos, ele conta que passou no Exame da Ordem no primeiro semestre de 2012, quando ainda estava no 9º período do curso – prazo permitido para prestar a prova. Além do jovem, mais 68 profissionais receberam a carteira.

Bruno explica que sua trajetória não foi fácil e que contou com o apoio da família, principalmente da tia, a cirurgiã-dentista, Sonia Yara Mello, que o criou desde um ano de idade –, e do pai, Osmar Felinto de Mello, que é deficiente auditivo. “Sou fruto do necessário apoio da minha família. Estudei com a ajuda da minha mãe (tia) que convertia os livros para braille e também usei programas de voz do computador”, conta.

Questionado sobre quais as expectativas para o futuro, o advogado explica que pretende dar continuidade aos estudos e que sua meta agora é ser juiz da Vara do Trabalho. “Nesse momento vou curtir essa conquista e advogar por alguns anos, sempre na defesa de uma sociedade melhor e mais justa. Vou continuar estudando e prestar concurso para magistratura do Trabalho, que é meu objetivo”, comenta.

Junto com ele, mais 68 advogados receberam seu registro profissional na solenidade em Campo Grande. Entre eles, Ernestina Maria de Lima, que aos 46 anos acaba de concluir sua segunda faculdade. Ela conta que a palavra-chave para o sucesso é a dedicação. “Essa área sempre foi meu sonho. O ano passado foi a segunda vez que prestei o exame, mas não desisti e hoje estou recebendo minha carteira. Para mim é motivo de muita alegria, até porque meu único filho também está fazendo Direito na UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados)”.

Na ocasião, o vice-presidente da OAB/MS, André Luis Xavier, destacou a importância da Ordem no exercício da democracia, por ser a mais respeitada instituição civil do país. “Somos o amparo para os novos profissionais. O Exame é difícil, mas não impossível, prova disso são os advogados nessa cerimônia que têm um caminho árduo e cheio de conflitos pela frente, mas que se for seguido com honestidade e ética, com certeza será bem-sucedido”.

O padrinho da turma, o advogado Coraldino Sanches Filho, frisou que os novos profissionais comprovaram à sociedade que estão aptos para exercer uma das mais dignas e antigas profissões da história. “Vocês devem construir colunas de ferro e não de barro. É essencial que tenham conhecimento de suas prerrogativas, porque quem se quer conhece seus direitos, não pode lutar por direitos alheios. Daqui para frente tracem metas, se especializem e acreditem que são capazes”, concluiu.

Participaram da solenidade, o secretário-geral da OAB/MS, Denner de Barros e Mascarenhas Barbosa, a diretora-regional da Escola Superior da Advocacia (ESA/MS), Rachel Margrini, e a presidente da Caixa de Assistência dos Advogados (CAA/MS), Solange Bonatti.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)