Cassilândia, Domingo, 13 de Outubro de 2019

Últimas Notícias

04/10/2019 10:40

OAB/MS entrega carteira de número 25.000

OAB/MS

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), alcançou nesta quinta-feira (3) a entrega da carteira 25.000. Ao todo 51 novos advogados (as) receberam o documento que lhes dá o poder de atuação nesta tarde.

Compuseram a mesa de honra o Presidente da Ordem Mansour Elias Karmouche; Vice-Presidente Gervásio Alves de Oliveira Junior, Diretor-Tesoureiro Marco Rocha; Conselheiro Federal e Vice-Diretor da Escola Nacional de Advocacia Luis Cláudio Alves Pereira (Bito); Conselheira Estadual e Madrinha da turma Ildália Aguiar de Souza Santos; Conselheiro Estadual Walfrido Azambuja Junior; Diretor-Geral da Escola Superior de Advocacia (ESA/MS) Ricardo Souza Pereira e a Presidente da Comissão da Jovem Advocacia Janine Delgado.

Ao discursar, o Vice-Presidente Gervásio destacou que todas as profissões têm as suas virtudes, problemas e dificuldades e que a advocacia também tem as suas, mas é possível vencer. “Sempre digo essa frase: o sol nasceu para todos. Sempre há um campo de trabalho que podemos alcançar e ocupar o nosso espaço. Para isso não precisa ser mau profissional, não precisa extrapolar os limites éticos. Em nossa profissão lutamos e defendemos o que há de mais sagrado na pessoa humana, que é a sua liberdade, o seu patrimônio, seus direitos de ir e vir, o respeito ao seu suor, igualdade e desigualdade nas suas peculiaridades”, explicou.

Gervásio também falou da função do advogado em atuar pela defesa da cidadania e do estado democrático de direito. “Não há advocacia onde impera o absolutismo, onde não há leis e respeito a elas. Vocês, aos proclamarem o respeito às leis e ao estado democrático de direito, estão sedimentando o espírito, o caminho que devem nortear todas as suas atividades. Assim, exercerão uma nobilíssima contribuição à sociedade e ao desenvolvimento do nosso País, principalmente a todos vocês dentro do princípio maior de que a utilidade que prestamos a nós mesmos é igualmente proporcional àquela que praticamos a toda a sociedade”.

Com a vez da palavra, a Presidente da Comissão da Jovem Advocacia cumprimentou a todos os presentes e destacou o otimismo pela profissão. “Escutamos que a advocacia não é uma profissão de resultado e rentável. Que se você não tem nome, não tem padrinho não será bem-sucedido. Mas quero dizer para vocês que isso não é verdade, é possível trilhar o seu caminho de sucesso. Temos inúmeros campos de atuação a serem explorados e há espaço para todos os bons profissionais. Que são aqueles que se dedicam, estudam e trabalham com ética, se empenhando para resolver o problema dos seus clientes. Agora vocês têm o poder de iluminar a nossa sociedade perante a uma escuridão de injustiças, de direitos que não são cumpridos, se dediquem ao conhecimento e estejam conosco”, enfatizou Janine.
Ricardo Pereira falou da árdua missão da advocacia e do papel da ESA/MS. “As vitórias vêm não com o bater na mesa, não com o gritar, não com o tentar se impor pelo nome que tem. A advocacia só dá frutos para aqueles que têm argumentos para questionar e defender aquilo que acredita. Essa é a missão da Escola de Advocacia: promover o ensino continuado. Por isso, semanalmente temos eventos gratuitos que todos podem participar. A nossa Escola está de portas abertas para vocês”, convidou.

O Conselheiro Federal Cláudio (Bito), que há 20 anos atua como advogado, falou do momento especial e lembrou de quando viveu a mesma experiência. “A Advocacia possibilita que tenhamos com o fruto do digno trabalho ascensão profissional, social e fazer a diferença no local em que se vivemos. É importante trabalhar, ganhar honorários, mas a advocacia vai muito mais além disso. Dá possibilidade de trabalhar pelo o que é certo, justo, correto em prol daqueles que precisam. Isso é o que chamamos de legado. Saiam daqui hoje sabendo que uma nova porta se abre na vida e ela é espetacular, permite fazer diferente, trabalhando dignamente e mudando a vida das pessoas para o bem”, aconselhou.

Ildália que também foi madrinha da turma citou que depois de uma batalha intensa de cinco anos de estudos ferrenhos chegou o dia magnânimo. “Entre todas as profissões, entendo que a advocacia é a que melhor representa a cidadania e os preceitos da nossa sociedade. É o advogado que defende aquele cidadão que tem os seus direitos ameaçados, ofendidos e violados”. E completou: “não esqueçam que vocês representam o primeiro juízo de admissibilidade. Quando forem atender um cliente sejam honestos, corretos, éticos, informe quais são de fato os direitos. Advogar é fazer Justiça. Sejam muito bem-vindos”.

O juramento foi lido por Suedi Aparecida Farias Paulino e a oradora da turma foi a Advogada Raquel Mendes da Silva. “Exercer a advocacia é uma grande responsabilidade. É assumir a importante missão de defender a sociedade e administrar a Justiça. Em um país como o nosso em que a desigualdade é gigantesca, tal incumbência é redobrada, pois a função precípua da advocacia de dar voz ao indivíduo se torna um mandato para aqueles que têm a sua fala infirmada e silenciada”.

Discurso do Presidente

Mansour Elias Karmouche começou seu discurso dando as boas-vindas aos novos advogados. “É com muita satisfação que nós recebemos vocês aqui para essa solenidade de compromisso para entrega de carteira. Esta instituição, além de fazer a defesa da sociedade, agrega e recebe vocês com muito carinho e amor”.

O Presidente da OAB/MS reforçou em seu discurso a importância da profissão e das prerrogativas. “Quando alguém tem um direito violado é que se entende para que serve um advogado. A OAB serve para isso, para defender a sociedade brasileira. Vocês somam hoje 100 novos colegas, com o compromisso feito pela manhã, que se juntam a mais de um milhão de advogados e advogadas no mercado de trabalho”.

Ele concluiu exaltando que “a Ordem de Mato Grosso do Sul tem feito esse compromisso: de combate à corrupção e mazelas públicas. Tudo isso, sempre dentro da lei e da Constituição Federal. E é isso que sempre pedimos para que se aja dentro das leis. Vocês têm a mesma responsabilidade e vamos cobrar isso. Peço que se dediquem à profissão e a utilizem da melhor forma possível. Se esforcem e sejam os melhores em tudo”, concluiu sendo aplaudido pelo auditório.

Carteira 25.000

A advogada Vanessa Machado Souza, de 22 anos, recebeu a carteira das mãos do Presidente da OAB/MS. Junto ao pai, emocionado, ela agradeceu a conquista e explica que Direito não foi à primeira opção, mas ao ter contato, se apaixonou pela advocacia. “Eu queria fazer Administração ou Contabilidade, mas pelas oportunidades na área decidi pelo Direito. Não me arrependo. Amei. Fiz a escolha certa”.

“Receber essa carteira hoje é a realização de um sonho para mim e para minha família”. Foram cinco anos de faculdade difíceis. Na metade da faculdade, eu perdi m8inha avó, eu morava com ela e meu pai, ela me criou. Foi uma perda terrível. Quase desiste, mas tive auxílio da minha família, principalmente de meu pai. Terminar a faculdade e já receber a carteira foi maravilhoso”, diz Vanessa que agora pretende junto a uma amiga, que recebeu carteira de manhã, e o namorado abrir um escritório.

Sem esconder a emoção, o pai, Pedro Paulo Souza Sobrinho, disse estar orgulhoso da filha e da carreira escolhida. “Gratidão. Tivemos muito trabalho nos cinco anos, mas a Vanessa sempre se empenhou. Ela é merecedora, campeã. É mérito não da família, que ajudou sempre, mas dela. Eu formei junto com ela”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 13 de Outubro de 2019
09:00
Santo do Dia
Sábado, 12 de Outubro de 2019
09:00
Santo do Dia
Sexta, 11 de Outubro de 2019
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)