Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/04/2007 08:40

OAB protesta contra assassinato de advogada em MT

24horasnews

A advogada Andréia de Carvalho Furtado Pereira, 30 anos, foi assassinada nesta segunda-feira (16), dentro do seu escritório em Tabaporã (município localizado a 100 km de Juara, Norte do Estado). Segundo testemunhas, homens invadiram o escritório e dispararam dois tiros contra a advogada, em horário de almoço, quando ela trabalhava em um processo. Andréia faleceu na hora. O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso, Francisco Faiad, tomou conhecimento da notícia em Comodoro e lamentou o atentado. “O crime deve ser apurado com rigor pelas autoridades competentes, para não gerar impunidade como muitos casos que ficam sem solução”.

O conselheiro estadual da OAB, Felício Hirocazu Ikeno, sócio da advogada no município de Tabaporã, recebeu a notícia com tristeza. “Ela era uma pessoa muito querida e envolvida com atividades sociais na cidade”. Andréia era bastante conhecida no município por ter exercido a profissão de escrivã e conciliadora.

Andréia era natural de Teresina (PI) e casada com Fabiano Furtado, comerciante da região. Não possuía filhos. O marido está sobre efeitos de sedativos. Andréia era recém habilitada na Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso. Recebeu o termo de compromisso, no dia 31/01/2007.

Segundo o presidente da OAB, o atentado e o assassinado demonstram uma clara tentativa de intimidação da classe dos advogados. Faiad lembrou que casos como este não podem ficar imunes à punição.

Na última sexta-feira (14), fez três anos do atentado que vitimou a advogada Irene Bricatti Paz, no município de Alta Floresta. “Até hoje não temos solução deste atentado”, cobrou Faiad. Irene Bricatti também foi assassinada com oito tiros, em frente ao seu escritório. Dois homens em uma motocicleta, de acordo com testemunhas, efetuaram os disparos. O marido da advogada estava junto a ela na hora do atentado e recebeu dois tiros. “A voz da advocacia não pode ser calada de maneira violenta, como vem acontecendo”, repudiou Faiad.

A delegada regional de Sinop, Maria de Fátima de Moggi está acompanhando o caso juntamente com os peritos. “Assim que tomarmos conhecimento do fato buscaremos solução o mais rápido possível”, comprometeu-se.

A OAB designou o advogado, Luiz Carlos Negreiro, de Sinop, para acompanhar diretamente o inquérito. Faiad informou que já solicitou audiência com o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Carlos Brito, para cobrar empenho na prisão dos criminosos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)