Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

29/01/2009 17:27

OAB/MS só aprova 16% em exame e fiasco mobiliza Ordem

Fernanda França e Aline dos Santos, Campo Grande News

Somente 16% dos bacharéis em Direito que prestaram o exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em Mato Grosso do Sul passaram no teste. O "fiasco" acabou levando a Ordem a criticar a qualidade do ensino nas instituições superiores do Estado e a abertura indiscriminada de cursos.

O presidente da OAB/MS, Fábio Trad, concede entrevista coletiva neste momento, para comentar o assunto e detalhar os números.

Este é o resultado do primeiro exame da Ordem feito neste ano, que em comparação aos resultados obtidos em 2008, demonstra que o desempenho dos bacharéis em Direito vem piorando, após uma época de melhora.

Em 2008, na última das três avaliações anuais, foi registrado 38% de aprovação na primeira fase da prova. Apesar de ser mais que o dobro do resultado obtido
agora, quando esse percentual foi divulgado no ano passado o presidente da OAB resumiu: “Não é um número catastrófico, mas também não é alentador”.

Ele havia anunciado,inclusive que a OAB iria intensificar algumas ações para reverter esses índices, com trabalho de supervisão do ensino nas faculdades do Estado, aumento no número de palestras para alunos dos 4º e 5º anos de Direito, sobre a importância da preparação para o exame.

A realidade de Mato Grosso do Sul em relação ao resto do País ainda não pode ser constatada, porque o ranking só será fechado depois da conclusão do exame, que ainda terá uma prova prática.

Veja os nomes dos aprovados no endereço: http://www.modulos.news.com.br/1/anexos/245812_34491233266730.pdf

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)