Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/03/2010 19:44

OAB/MS decide só no domingo se cancela 2ª prova do exame

Campo Grande News


Para o presidente da OAB/MS, Leonardo Duarte, a correção das provas permanece suspensa até que a PF apresente o resultado da operação

A OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional de Mato Grosso do Sul) deve decidir apenas no domingo (7) se cancelará ou manterá a correção das provas da segunda fase do exame nacional, aplicado no último domingo.

Por enquanto, de acordo com o presidente da OAB/MS, Leonardo Duarte, a correção das provas da segunda fase do exame permanece suspensa, até que a Polícia Federal, que investiga suspeita de fraude descoberta em Osasco (SP), apresente o resultado da operação. Se apurada a fraude, com vazamento das questões, a segunda fase do exame será cancelada em todo o País. “Não pode haver dúvidas”, afirma.

“A OAB não tem receio e é a maior interessada. Por enquanto não há prejuízo algum. Queremos preservar os candidatos que chegaram até a segunda fase. Em casos como este, a postura é esta mesma: suspensão dos procedimentos para verificação. Na dúvida, a cautela”, explicou Alexandre Bastos, presidente da Comissão de Exame da Ordem.

O resultado das investigações será divulgado pela Polícia Federal no próximo domingo, durante reunião no Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil. Com o caso em mãos, a OAB decidirá se mantém a correção das provas ou se cancela a segunda fase. A decisão se estende a todas as seccionais, já que uma mesma prova é aplicada em todo o Brasil pela mesma empresa, a Cesp/Unb (Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade de Brasília).

“Existe uma empresa contratada por todas as seccionais para que todo o processo seja o mais impessoal possível. Porém, sabemos que esta tentativa de cola descoberta em Osasco é algo localizado, que não coloca sob suspeita a realização do exame no Estado”, explica Leonardo Duarte.

Em Mato Grosso do Sul 1528 candidatos se inscreveram para as provas da primeira fase, sendo que 1491 estiveram presentes. Desse total, apenas 342 passaram para a segunda fase e realizaram a prova no domingo, índice de aprovação de 23%. As provas foram realizadas em Campo Grande, Dourados e Três Lagoas.

A cola – Fiscais da Cesp/Unb flagraram em Osasco um candidato iria realizar a prova com um livro de consulta com anotações. O candidato foi eliminado do processo.

A consulta em livros de legislação “seca” – sem comentários – é permitida, mas sem qualquer tipo de anotação ou cola. Entre as anotações estavam comentários sobre questões do Direito Penal que seriam aplicadas na prova.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)