Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

08/03/2005 16:20

OAB/MEC concluem novas diretrizes para ensino de Direito

OAB / MS

O grupo composto por membros da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e do Ministério da Educação, que estuda novas diretrizes para o ensino jurídico, realiza às 15h de hoje (08) a última etapa de reuniões antes da conclusão de seus trabalhos. A intenção do grupo é apresentar nos próximos dias ao ministro Tarso Genro (da Educação) o projeto final contendo sugestões e dados sobre a realidade do ensino de Direito no país.

Participam da reunião, pela OAB, o
secretário-geral do Conselho Federal da entidade, Cezar Britto, e os presidente e vice da Comissão Nacional de Ensino Jurídico da OAB, Paulo Roberto Medina e José Geraldo de Sousa Junior, respectivamente. Também integram o grupo: Roberto Fragale, Mário Pederneiras e Alayde Sant'Anna (pelo MEC); André Macedo de Oliveira (pelo Ministério da Justiça) e Roberto Cláudio da Frota Bezerra (pelo Conselho Nacional de Educação). A reunião será realizada na sede do Ministério da Educação.

O grupo da OAB e MEC foi criado em 19 de outubro de 2003 para aprofundar o exame das diretrizes a serem consideradas para a abertura de cursos e fiscalização das instituições de ensino existentes. Estão sendo debatidos também os itens: contexto institucional dos cursos; projeto pedagógico; nível dos professores; instalações e resultados das avaliações oficiais.

O grupo teria, inicialmente, 60 dias para a conclusão dos estudos, mas a apresentação do projeto final contendo novas diretrizes para o ensino jurídico acabou sendo prorrogada em 60 dias na primeira reunião do grupo neste ano, realizada no dia 7 de janeiro.
fonte: CF OAB

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)