Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/04/2004 20:18

OAB e CNBB lançam campanha contra a corrupção eleitoral

Agência Brasil

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançaram hoje a Campanha Nacional de Combate à Corrupção Eleitoral. Na solenidade, o presidente em exercício da OAB, Aristóteles Atheniense, criticou a utilização de verbas públicas para fins eleitorais, citando notícias segundo as quais deputados e senadores estão se beneficiando de emendas do Orçamento da União para a campanha às eleições municipais deste ano. Atheniense prometeu "um combate sem trégua" da OAB à corrupção eleitoral.

Segundo Atheniense, as informações publicadas pela imprensa são preocupantes e podem ser analisadas pelo Conselho Federal da OAB em sua próxima reunião, marcada para 17 e 18 de maio. Ele disse que a OAB, que coordenará a campanha juntamente com a CNBB, vai cobrar e fiscalizar o cumprimento da Lei 9.840/99, que pune os crimes de corrupção eleitoral. A lei, de iniciativa popular, resultou de um projeto de lei elaborado com base na coleta de mais de um milhão de assinaturas e pune a compra de votos. Atheniense informou que a OAB colocará sua estrutura de mil subseções, em todo o país, para receber e encaminhar denúncias sobre corrupção eleitoral.

Ele ressaltou que a preocupação não se restringe apenas aos que corrompem, mas também aos que são corrompidos. Para ele, as dificuldades sócio-econômicas atuais da população brasileira não devem ser justificativa para a venda do voto. “É mais que oportuno lembrar, na importante quadra política que vivemos, que voto não tem um preço, voto tem conseqüências”, afirmou Atheniense.

Além da CNBB e OAB, dezenas de entidades participaram do lançamento da campanha na sede da OAB, entre elas a Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Unafisco), Associação de Juízes para a Democracia, Confederação Nacional de Trabalhadores em Educação, Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (Conic), CUT do Distrito Federal, Ibase, Inesc e Associação Brasileira de Organizações Não-Governamentais (Abong). Pela CNBB, participaram da solenidade o secretário executivo da Comissão Brasileira Justiça e Paz, Carlos Moura, e o coordenador do Movimento Nacional contra a Corrupção Eleitoral, Francisco Whitaker.

As informações são da OAB.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)