Cassilândia, Quinta-feira, 23 de Março de 2017

Últimas Notícias

19/10/2007 07:19

O recado do Cheida: Ora(direis) enxergar o passado

Luiz Eduardo Cheida*

Enxergar o futuro é coisa pra vidente. A nós, simples mortais, nos é dado, quando muito, ver o passado.


A maioria das estrelas que piscam no céu estão há milhões de quilômetros de distância. Tão longe, que a luz emitida por elas leva milhares ou até milhões de anos para chegar até nós.



Muitas vezes, a luz que impressiona nossos olhos deixou a estrela há muitos milhões de anos. Dessa forma, o que vemos é a luz que partiu dela num passado longínquo e, só agora, chega até nós.

A estrela que produziu a luz, às vezes, já nem mais existe. Explodiu, há milhões de anos, mas sua luz continuou caminhando pelo espaço e só agora chega até aqui.

A luz tem a forma da estrela. Assim, vemos uma estrela que não mais existe! Vemos o que deixou de existir.

Vemos o passado.



As estrelas são sóis. Como o nosso Sol.



Quando visto de longe, nosso gigantesco Sol, amarelo e fervente (sua temperatura interna chega a 20 milhões de graus Celsius) parece apenas uma pequena estrela, branca e fria, cintilando na imensidão do céu.



O universo é formado por centenas de bilhões de galáxias. Cada uma delas, com bilhões de sóis. A galáxia onde vivemos, a Via Láctea, tem cerca de 400 bilhões de sóis. Ou 400 bilhões de estrelas.

Nosso Sol é tão somente uma delas.



As estrelas ficam tão longe daqui que medimos sua distância em anos-luz. Ano-luz é a distância que a luz percorre em um ano.



Como a velocidade da luz é de 300.000 Km por segundo (sete voltas em torno da Terra em um segundo) um ano-luz equivale a 10 trilhões de quilômetros de distância.

Então, a luz de uma estrela, distante 300 milhões de anos-luz, demora 300 milhões de anos para chegar até a Terra.

Enxergá-la é ver o passado com os próprios olhos.



Mas há quem, além de as verem, ouvem-nas. Um destes tresloucados é o grande Olavo Bilac, que assim escreveu em seu Ouvir Estrelas.

Leia-o e veja quão futurista há de ser o passado de quem as ouviu:



- Ora (direis) ouvir estrelas!
Certo perdeste o senso! E eu vos direi, no entanto,
Que, para ouvi-las, muita vez desperto
E abro a janela, pálido de espanto.

E conversamos longo tempo, enquanto
A Via Láctea, como um pálio aberto,
Cintila. E, ao vir o sol, saudoso e em pranto,
Ainda as procuro pelo céu deserto.

Direis agora: - Tresloucado amigo!
Que conversas com elas? Que sentido
Tem o que dizem quando estão contigo?

E eu vos direi: - Amai para entendê-las,
Pois só quem ama pode ter ouvido
Capaz de ouvir e de entender estrelas!



Um forte abraço e até sextaestrela que vem.






--------------------------------------------------------------------------------

*Luiz Eduardo Cheida é médico, deputado estadual e presidente da Comissão de Ecologia e Meio Ambiente da Assembléia Legislativa do Paraná. Foi prefeito de Londrina, Secretário de Estado do Meio Ambiente, membro titular do CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente) e do Conselho Nacional de Recursos Hídricos.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 23 de Março de 2017
Quarta, 22 de Março de 2017
21:53
Cassilândia
20:41
Loteria
Terça, 21 de Março de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)