Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/01/2016 11:00

O que são suplementos alimentares?

Portal Educação Física

Suplementos são vitaminas e/ou minerais isolados ou combinados entre si, que não ultrapassem 100% da Ingestão Diária Recomendada (DRI). Quando maior que 100% da DRI, o suplemento somente deve ser comercializado sob prescrição médica e/ou nutricionista.

Já outros recursos ergogênicos (recursos ergogênicos são substâncias ou artifícios utilizados com o objetivo de melhorar o desempenho esportivo e a recuperação após o exercícios) nutricionais utilizados na busca de um maior desempenho esportivo, como aminoácidos, hipercalóricos, bebidas isotônicas, produtos a base de carboidratos, entre outros são classificados, de acordo com a portaria n° 222, de 24 de março de 1988, do ministro da Saúde, em cinco categorias distintas:

* Repositores hidroeletrolíticos: esses produtos são formulados a partir de concentração variada de eletrólitos, associada a concentrações variadas de carboidratos, como objetivo de reposição hídrica e eletrolítica decorrente da prática de atividade física.

* Repositores energéticos: são produtos formulados com nutrientes que permitem o alcance e/ou manutenção do nível apropriado de energia para atletas.

* Alimentos proteicos: são produtos como predominância de proteínas isoladas, ou não, em sua composição, formulados com o intuito de aumentar a ingestão desses nutrientes ou completar a dieta dos atletas, cuja necessidades proteicas não estejam sendo satisfatoriamente supridas pelas fontes habituais.

* Alimentos compensadores: produtos formulados de forma variada para serem utilizados na adequação de nutrientes da dieta de praticantes de atividade física. Estes ainda devem ser formulados seguindo alguns critérios como:

– Carboidrato: abaixo de 90%

– Proteínas: da quantidade total, no mínimo 65% deve ser de alto valor biológico.

– Lipídios: deve conter uma concentração equivalente a um terço de gorduras, monoinsaturada e poli-insaturadas.

– Pode ser acrescido ou não vitaminas desde que não ultrapasse a IDR de um adulto.

Por sua vez, o Dietary Suplements Health and Education ACT (DSHEA) define suplementos nutricionais como produtos alimentícios acrescido à dieta e que contenham na sua composição pelo menos um dos seguintes ingredientes: vitaminas, minerais, ervas ou plantas, aminoácidos, extrato ou combinação de qualquer um desses ingredientes.

Define-se também, como suplementos alimentar, algo que é somado à dieta, principalmente para a correção de alguma carência nutricional, não sendo apenas utilizado como um recurso ergogênico voltado para o desempenho esportivo.

Afinal de contas, quem precisa de suplementação?
Segundo a Organização Mundial da Saúde OMS, a saúde caracterizada como um completo bem-estar físico, social e mental. Dessa forma, uma pessoa pode estar abaixo de seus níveis ótimos de bem-estar celular, orgânico, psicológico, social e anda não apresentar nenhum sintoma de doenças; mesmo assim, o seu nível de saúde pode estar subotimizado. Tal individuo, em um conceito mais amplo, não é considerado saudável.

A ingestão adequada de nutrientes é essencial para a manutenção da saúde do nosso organismo. Isso fica claro em razão do grande número de estudos realizados que buscam elaborar recomendações em relação a quantidade ideais de nutrientes que devem ser ingeridas na dieta. No entanto não existem tabelas de recomendações oriundas de estudos desenvolvidos com a população brasileira.

As RDA’s são elaboradas pensando na absorção incompleta, nas variações individuais das necessidades diárias e na biodisponibilidade dos nutrientes, buscando atender às necessidades diárias de um individuo saudável. Entretanto, essas recomendações não são elaboradas visando atender o individuo saudável. Entretanto, essas recomendações não são elaboradas visando atender indivíduos que praticam exercícios físicos reguladores.

Valores de referencias segundo as RDA’s para algumas vitaminas e minerais para um indivíduo adulto.

Os praticantes de exercícios físicos regulares e, principalmente, os atletas têm uma demanda alimentar superior à das pessoas sedentárias, daí que sua recomendação das RDI’s é elaborada. Dessa forma, podem ocorrer deficiências na concentração dos macro e micronutrientes, alterando o desempenho, principalmente quando se trata de esportes de alto rendimento. Nesse sentido a utilização de suplemento, sobretudo por atletas, torna-se fundamental, pois são criadas lacunas que uma refeição cotidiana não consegue suprir fornecendo suporte para que sejam alcançados os seguintes objetivos:

* aumentar os estoques energéticos em células musculares hepáticas;

* fornecer íons perdidos durante a transpiração;

* acelerar o processo de recuperação após o treinamento e a competição.

Na busca pelo desempenho físico esportivo diversos fatores são extremamente importantes para que o atleta possa atingir o Máximo de seu rendimento físico. Nesse sentido, não podemos deixar de lado a Nutrição Esportiva, porque existem vários fatores alimentares que podem influenciar os aspectos biomecânicos, psicológicos e fisiológicos do esporte. Por exemplo, perder o excesso de gordura corporal melhora a eficiência biomecânica, ingerir carboidratos durante o exercício possibilita a manutenção das concentrações normais de glicose no sangue, consumir quantidade adequada de ferro garante uma boa concentração de hemoglobina, com o consequentemente suprimento de oxigênio aos músculos. Lembrando que a suplementação é individual e dever ser prescrita por nutricionista.

(Juliana Monteiro Senra, nutricionista CRN1/10456, pós-graduanda em Nutrição Esportiva – Fanut)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)