Cassilândia, Domingo, 20 de Maio de 2018

Últimas Notícias

09/08/2013 07:54

O encontro das águas

João Bosco Leal

Como a água na nascente, desde os primeiros momentos de vida vamos criando nosso próprio caminho, entre pedras, rochas ou grãos de areia, mas ninguém o trilha com a mesma inclinação, velocidade, intensidade, quantidade ou transparência.

Dependendo do trajeto escolhido, podemos nos tornar cada vez mais limpos, ou sujos, turvos, destruindo a natureza por onde passamos, transportando raízes, galhos e folhas das nossas margens, mas com isso também alimentando aqueles que em nós vivem.

Os caminhos entre as rochas são mais difíceis, e quando escolhidos, em muitos locais vão criando a necessidade de um represamento, um volume maior, que gerará mais força e provocará o rompimento das barreiras existentes e uma agora grande velocidade.

O maior volume das águas, pernas ou braços, facilitará o rompimento dos próximos empecilhos, mas também criará a possibilidade de maiores destruições do que estiver em seu caminho, o que certamente sujará seu leito, seu interior e exterior.

Entretanto, escolhendo o caminho arenoso, durante o percurso iremos sendo filtrados, nos tornando cada vez mais transparentes, límpidos e de absorção mais fácil, prazerosa e saudável a todos que nos acompanham ou circundam.

O mesmo ocorre na vida, quando a cada distância ou etapa percorrida, novas águas vão se juntando às nossas, sujando-as ou tornando-as mais límpidas, e outras das que já nos acompanhavam vão sendo absorvidas pelo solo, ou se evaporando, deixando a terra.

A escolha do caminho a ser percorrido provoca consequências e influenciará outras, e assim sucessivamente, numa cadeia de erros e acertos que determinará o resultado final da existência dos que atingem o oceano e deixaram de existir isoladamente, passando a fazer parte de um universo muito maior.

Lá, a opacidade ou transparência das águas ou dos homens, não mais importarão, serão facilmente diluídas, absorvidas pelo mar ou pela terra, e já não poderão ser vistas isoladamente, farão parte, agora, de azuis infinitos.

Assim como o encontro das águas de dois rios gera um novo volume e consequentemente uma força muito maior, com maior capacidade de transportar as impurezas e também de alimentar todos os que carregam, quando duas pessoas caminham juntas e com os mesmos objetivos, possuem mais forças para superar as dificuldades e podem se ajudar, suportando suas dores com maior facilidade e dividindo entre si as alegrias das vitórias. .

Mesmo quando cansadas diante de uma nova dificuldade, aquela que possui as pernas mais fortes, valentes, incentiva à outra a dar mais um novo passo, outro, e outro, fazendo-a, assim, alcançar seu destino final, seu objetivo.

No amor, a união de forças, dedicação e cuidados mútuos, com apoios físicos, morais e gestos de carinho, fazem o mais fraco caminhar ao lado do mais forte até a conclusão do trajeto de modo mais seguro, calmo, tranquilo e feliz.

Em sua procura passamos por diversas ladeiras, quedas, curvas, retas, momentos de calmaria ou agitação, mas sempre, com maior ou menor intensidade, continuamos a busca.

Como no amor, quando duas águas se encontram, o rio se torna um só e elas serão indivisíveis.

João Bosco Leal www.joaoboscoleal.com.br

*Jornalista e empresário

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Sábado, 19 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)