Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

18/04/2013 15:36

O caso do jornalista que quase foi preso por fotografar um tomate

Campo Grande News/ Angela Kempfer

O tomate ganhou o status de personalidade nacional e, por isso, sempre que o nome dele aparece na história, o roteiro ganha tom “dramático”.

Mas desta vez quem se deu mal por conta do dito cujo não foi o dono do restaurante. Ontem, o jornalista Denílson Pinto quase foi parar na delegacia por desordem porque resolveu fotografar o astro da estação em Campo Grande.

Na função de chefe de família, não de repórter, Denilson foi ao Carrefour onde a bronca começou justamente porque a estrela do momento está perdendo a majestade.

Em oferta por R$ 1,98, a plaquinha do supermercado deixou o jornalista tão entusiasmando, que resolveu fotografar o “espetáculo” econômico.

“Passaram alguns minutos e lá veio a encarregada, acompanhada de segurança e tudo mais, falando que era proibido fotografar o tal tomate (absurdo), querendo arrancar meu iPad da mão para ver as fotos”, contou Denilson aos amigos no Facebook.

O colega então foi à loucura, como ele mesmo traduz, e passou a gritar no meio dos hortifrutis: "Chama a Polícia, chama a Polícia!".

A funcionária falava baixo, mas fez o cliente sair do sério definitivamente quando o chamou de ignorante. “Foi a gota d’água e o barraco literalmente foi armado. Só faltava isso na minha vida, ser detido por fotografar tomates!”, brinca agora, depois de toda a confusão.

O que o jornalista queria desde o princípio era fotografar o tomate para depois postar no Facebook com algo do tipo: “finalmente iria poder comer tomate à vontade, depois de um mês passando vontade.Tenho até medo de comer eles, depois desta, pode me dar uma baita dor de barriga ou morrer por overdose de agrotóxicos”, comenta.

Ele não teve de ir à delegacia, os seguranças contornaram tudo, mas que o constrangimento foi grande foi. “Maldito tomate”, resume.

 

Denilson e a briga com a funcionária por conta do tomate.Denilson e a briga com a funcionária por conta do tomate.
Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)