Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

22/09/2004 07:40

Números do TSE apontam os extremos das eleições

Iolando Lourenço/ABr

Números do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre eleitorado nacional indicam os extremos das eleições municipais de outubro. O estado de São Paulo, por exemplo, tem o maior e o menor colégio eleitoral do país. O maior é o da capital, que conta com 7.771.503 eleitores, e o menor é o município de Borá, que tem exatos 834 eleitores. Além de Borá, outras três cidades têm menos de um mil eleitores: Anhanguera (GO), 838; Serra da Saudade (MG), 925, e Miguel Leão (PI), 957.

As curiosidades também podem ser vistas quando se pensa no eleitorado por estado. Enquanto São Paulo tem 27.055.014 eleitores, o estado de Roraima tem apenas 214.659, ou seja, menos de 10% do eleitorado paulista. Enquanto o eleitor de São Paulo custa, em média numa eleição, R$ 3,76, o mesmo eleitor de Roraima custa aos cofres do Tesouro Nacional praticamente 10 vezes, ou seja, R$ 34,76.

O eleitorado do estado de São Paulo, que tem 645 municípios, é duas vezes maior do que o de Minas Gerais, que tem 853 municípios. Minas tem o segundo maior colégio eleitoral do país com 13.281.087. O Rio de Janeiro ocupa o terceiro lugar com 10.515.216 eleitores, seguido da Bahia que tem 8.954.998 eleitores.

Embora o número de municípios tenha aumentado de 5.558, em 2000, para 5.562 em 2004, o número de candidatos nesta eleição é menor do que na anterior. Em 2000, disputaram a eleição 382.360 candidatos e agora concorrem a uma vaga de prefeito, vice-prefeito e vereador 375.734 candidatos. O número de cadeiras de vereador que em 2000 era de 60.229 foi reduzido para 51.748.

Das 68 cidades com possibilidade do prefeito ser eleito em segundo turno de votação, por serem municípios com mais de 200 mil eleitores, 19 são do estado de São Paulo, nove do Rio de Janeiro, cinco de Minas Gerais e quatro do Paraná. Os demais estados contam com três, duas ou uma cidade com mais de 200 mil eleitores. Nem nas capitais dos estados de Tocantins, Acre, Amapá e Roraima haverá segundo turno, pois nenhuma delas conta com 200 mil ou mais eleitores.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)