Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

19/11/2006 07:00

Número de mulheres eleitas cresce em relação a 2002

Isabela Vieira/ABr

Brasília - As eleições deste ano aumentaram a participação feminina nos principais cargos públicos representativos. É o que mostra uma comparação feita pela Agência Brasil entre o número de governadoras, senadoras e deputadas federais eleitas com o resultado do último processo eleitoral, em 2002.

O número de governadoras aumentou de dois para três. Vilma de Faria (PSB) foi reeleita no Rio Grande do Norte. Ana Júlia Carepa (PT) e Yeda Crusius (PSDB) ganharam no Pará e Rio Grande do Sul, respectivamente, enquanto Rosinha Matheus vai deixar o comando do Rio de Janeiro.

Na Câmara, 46 das 513 cadeiras serão ocupadas por deputadas, quatro a mais do que no início da atual legislatura. Para o Senado, que renovou um terço dos integrantes (27), foram eleitas quatro mulheres. O percentual se manteve, já que em 2002 foram trocados dois terços (54) e eleitas oito mulheres.

O Amapá foi a unidade federativa que, proporcionalmente, mais elegeu deputadas mulheres: quatro, metade das vagas a que o estado tinha direito. Em números absolutos, o Rio de Janeiro elegeu mais: seis. Distrito Federal, Alagoas, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Piauí, Sergipe e Paraná escolherem apenas homens.

A socióloga e pesquisadora do Centro Feminista de Estudos e Assessoria (CFemea) Almira Rodrigues considera pequeno o crescimento do número de mulheres eleitas. “Existe uma dificuldade de mudança da cena política brasileira, em que os homens são predominantes”, diz ela.

As mulheres são maioria (51%) entre os eleitores, mas menos de 10% das candidatas a presidente, governadora, senadora e deputada federal conseguiu se eleger, segundo levantamento do centro.

A participação de candidatas do sexo feminino aumentou em relação a 2002, embora tenha ficado aquém da cota exigida por lei para cada partido, de 30%. Leia mais ao lado, e confira também um infográfico com os nomes de todas as eleitas.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)