Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

13/10/2008 14:44

Número de mortes causadas pela Aids cresce em MS

Fernanda França - Campo Grande News

O número de pessoas que morrem vítimas da Aids vem crescendo nos últimos anos no Estado. Em 2005, foram registradas 121 mortes e, no ano seguinte, 147 pessoas morreram com a doença.

Já em 2007, ocorreram 155 falecimentos. O diagnóstico tardio e o descuido com o tratamento são os principais fatores causadores da morte precoce.

Vanda Assad, coordenadora do programa DST/Aids de Dourados, afirma que o tratamento seguido com todo o rigor garante ao indivíduo uma expectativa de vida maior, prova disso que o programa possui pacientes há mais de 20 anos.

De acordo com a coordenadora, a mortalidade entre os jovens está relacionada principalmente pelo descuido com o tratamento.

“Por mais que seja feito um trabalho de atenção muitos deles se descuidam e rejeitam o tratamento. Depois do óbito, a família procura o núcleo para devolver os remédios não utilizados, muitos inclusive com o prazo de validade vencido”, afirmou.

No período de 1984 a 2007, foram notificados 4608 casos de Aids em Mato Grosso do Sul. Destes, 1799 foram a óbito, um total de 39% dos casos registrados. Com informações do Dourados Agora.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)