Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/09/2007 15:09

Número de crianças trabalhando cresceu 25% no Estado

Sandra Luz - Campo Grande News

A quantidade de crianças trabalhando em Mato Grosso do Sul cresceu, segundo a DRT (Delegacia Regional do Trabalho). No período de janeiro a setembro, cerca de 250 crianças foram encontradas trabalhando por fiscais da DRT. O número é 25% maior que todo o ano passado. Neste ano, a DRT aumentou em 50% o total de fiscalizações.

Em 2006, as famílias beneficiadas pelo Peti migraram para o programa Bolsa Família. A ação foi considerada um problema porque enquanto os beneficiários do Bolsa recebem R$ 18 por criança – podendo chegar a R$ 54 no limite de até 3 crianças – as famílias oriundas do Peti ganham R$ 40 (zona urbana) ou R$ 25 (área rural) por criança mantida na escola.

A meta do governo federal é atingir 29.667 crianças no Estado. Mas, segundo a DRT, há morosidade na entrega dos cartões às famílias já habilitadas no sistema, dificuldade para conseguir a lista das pessoas atendidas pelo Peti e a redução do valor do benefício daqueles que foram reenquadrados. O contexto prejudica o cumprimento da meta.

Técnicos da DRT e a Setass (Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Economia Solidária) estão discutindo as ações do Peti (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil). O trabalho integra reavaliação do programa em todo o território nacional. O Mistério do Trabalho e Emprego e o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome querem promover ajustes ao programa.

No Estado, o Peti está sendo analisado no Seminário Estadual de Avaliação de Políticas de Enfrentamento ao Trabalho Infantil em Mato Grosso do Sul, que acontece durante toda a quinta-feira, dia 27, na Casa da Indústria.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)