Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/10/2008 09:29

Número de cidades com raiva bovina já passa o de 2007

Fernanda Mathias/Campo Grande News

O número de municípios com casos de raiva entre bovinos até setembro deste ano já superava o total de 2007, segundo dados da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal). Segundo o coordenador do Programa de Combate à Raiva, Ademar Etiro Mori, no ano passado inteiro foram 10 municípios de Mato Grosso do Sul com focos em 21 propriedades.

Neste ano, até setembro, são 11 municípios com focos em 20 propriedades. Além da própria migração dos morcegos, devido aos impactos ambientais, Ademar observa que os trabalhos sanitários neste ano estiveram mais voltados à região de fronteira, nas ações de prevenção contra febre aftosa.

A doença ocorreu em municípios que não tinham registros há anos, como Caarapó e em Naviraí, que nunca teve raiva herbívora pelo menos nos últimos 30 anos, segundo histórico da Iagro.

“Essa migração da população de morcegos já era esperada”, diz Ademar, explicando que decorre dos impactos da implantação da usina de Porto Primavera. Os técnicos computam 100 animais mortos por conta da raiva, mas Ademar afirma que este número é bem aquém do real, já que a doença continua produzindo efeitos no rebanho após ser diagnosticada.

Mato Grosso do Sul tem 11 municípios na região do Pantanal onde a vacinação é obrigatória. A raiva afeta o sistema nervoso e provoca paralisia gradativa no animal, até o ponto em que ele morre por parada respiratória. Isso ocorre de 5 a 7 dias após a infecção.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)