Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

23/06/2006 06:41

Número de alunos de cursos a distância subiu mais de 60%

Angelina Guedes/ABr

No ano passado, 500 mil estudantes fizeram cursos a distância no Brasil. O número é cerca de 60% maior que o de 2004, quando quase 310 mil estudantes participaram de cursos desse tipo. Os dados constam do Anuário Brasileiro Estatístico de Educação Aberta e a Distância de 2006, elaborado pela Associação Brasileira de Educação a Distância, com apoio do Ministério da Educação (MEC).

Todas as instituições que têm essa modalidade de ensino no país participaram da pesquisa, que levantou dados como formato dos cursos, método e desenvolvimento das atividades.

O estudo mostra que o crescimento desse tipo de curso não indica que mais pessoas estão estudando pela internet. No Brasil, grande parte da educação a distância ainda é oferecida por meios impressos, principalmente apostilas.

Para o secretário de Educação a Distância do MEC, Ronaldo Mota, essa modalidade de ensino nada deixa nada a desejar em comparação com os cursos tradicionais. "Os profissionais formados pela educação a distância que estão atuando profissionalmente demonstram que não ficam devendo nada àqueles formados pela educação tradicional", disse Mota.

Segundo ele, esses profissionais demonstram, muitas vezes, capacidade maior, porque são pessoas que desenvolveram sua autodisciplina e aprenderam a aprender. "Portanto estão mais aptos, em média, em geral, para enfrentar novos desafios", afirmou o secretário.

Ele ressaltou que cursos a distância são importantes porque atingem regiões que antes não tinham acesso à educação e pessoas excluídas do mercado de trabalho, como idosos e donas de casa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)