Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

08/09/2005 14:36

Novo relatório parcial apontará irregularidades na ECT

Agência Câmara

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos Correios deverá concluir na próxima semana um novo relatório parcial sobre as irregularidades encontradas nos contratos de licitação da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT). O relator da comissão, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), adiantou que o documento não conterá novos nomes de parlamentares suspeitos de envolvimento com o chamado valerioduto. Ele negou assim boatos de que o texto faria menção ao nome do senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG), que teria recebido R$ 9 milhões de Marcos Valério em 1998, quando era candidato à reeleição ao governo de Minas Gerais. Marcos Valério é acusado de ser o principal operador do suposto esquema de mensalão a deputados da base governista.
Segundo o relator, para que a comissão apure a veracidade dessa denúncia, seria necessário ampliar o leque das investigações, e isso poderia atrasar a conclusão do seu relatório final, prevista para novembro próximo. "Nós não temos absolutamente nada levantado em relação às eleições de Minas Gerais, em 1998. Não definimos sequer se vamos fazer essa investigação", afirmou Serraglio. "Temos tantos pontos ainda por serem investigados que tenho dito que a CPMI não vai abafar nada, mas isso não quer dizer que ela vá investigar tudo o que existe por todos os lados."
Na próxima semana, a CPMI retomará os depoimentos, depois de uma semana dedicada a trabalhos internos. Na terça-feira (13), a sub-relatoria de Movimentação Financeira ouvirá a presidente do Banco Rural, Kátia Rabelo, e mais dois diretores da instituição. No mesmo dia, a sub-relatoria de Contratos ouvirá dois dirigentes da Skymaster e o proprietário da empresa Novadata, Mauro Dutra. Na quarta-feira (14), os parlamentares ouvirão, no plenário da comissão, o ex-ministro e atual chefe do Núcleo de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Luiz Gushiken.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)