Cassilândia, Sábado, 24 de Junho de 2017

Últimas Notícias

14/04/2004 15:06

Novo diretor quer aprimorar avaliação da pós-graduação

Assessoria MEC

"A avaliação é o cerne de nosso empenho democrático", afirma o novo diretor de avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento do Pessoal de Nível Superior (Capes), professor Renato Janine Ribeiro. Segundo ele, o compromisso da Capes com o “bem comum passa pela garantia da qualidade da formação pós-graduada”, proporcionando à sociedade os melhores profissionais em todas as áreas do conhecimento e da ação qualificada.


Ao assumir a diretoria responsável pela avaliação dos programas de pós-graduação no País, Renato Janine Ribeiro elogia o patrimônio que a agência constituiu ao longo do tempo, e lembra que ele deve ser respeitado. "Esse patrimônio pode e deve ser constantemente enriquecido. Devemos priorizar a avaliação do resultado mais que do processo. O que importa são os fins, as metas, os valores", acrescenta.


Na opinião do novo diretor, o tempo para completar um mestrado ou doutorado, por exemplo, é um indicativo importante, mas não define a qualidade do trabalho. “O que desejamos é a qualidade, e devemos estar dispostos a aceitar mais de um processo para chegar aos fins que cada área estabelece como sendo os seus", conclui.


Renato Janine é professor titular de Ética e Filosofia Política na Universidade de São Paulo (USP), na qual se doutorou depois de fazer mestrado na Universidade de Paris (Sorbonne). Além de escrever dois livros sobre o filósofo político Thomas Hobbes, analisou temas como o caráter teatral da representação política, a idéia de revolução, a democracia e a cultura política brasileira. Entre suas obras, destacam-se Ao Leitor sem Medo, sobre Hobbes, A Sociedade contra o Social: o alto custo da vida pública no Brasil, vencedora do Prêmio Jabuti em 2001, e A Universidade e a Vida Atual, publicada em 2003.


Avaliação – Em 2004, a Capes vai avaliar 2.964 cursos de mestrado e doutorado, processo realizado a cada três anos. Este trabalho cresce a cada triênio. Em 1998, foram avaliados 2.164 cursos e em 2001, 2.394. Nesse processo, entre outros pontos, são analisados os números de matriculados e titulados, o tempo médio de titularidade, os projetos de pesquisa científica do corpo docente e discente, as patentes registradas e as pesquisas desenvolvidas.


Repórter: Flavia Nery

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 24 de Junho de 2017
Sexta, 23 de Junho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)