Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

09/05/2007 06:50

Novelas da Record

Record

Alta Estação
Ricardo derruba João Pedro no soco. Bárbara, Flávia e Samuel correm para acudir João. Ricardo acusa João de ter armado com Bruna e Clara e de estar a fim de Bárbara. Em meio a um enorme bate-boca, João Pedro vai embora e Ricardo também. Flávia pergunta se é verdade que João está a fim dela e Bárbara confirma. Eduardo discute com Marcos, que insiste em falar reservadamente com Lalá. João sai do bar tropeçando. Ricardo sai em seguida atrás dele. Edu resolve ir atrás de Ricardo. As crianças fogem para a casa de Renata que disfarça e consegue avisar a Caio. Flávia fica chocada ao ver Lalá com Marcos e vai tirar satisfações com a mãe. Marcos avisa que veio para ficar. Caio Zen e Bianca chegam na casa de Renata para pegar as crianças e Caio insiste que Zen deve dizer logo que é pai do menino. Marcos diz que é musico e produtor musical e que quer produzir um disco com Flávia. Zen conta para Guinho que ele é seu filho. Guinho diz que quer ficar com Zen e os dois se abraçam emocionados. Yolanda consegue levar Guinho, mas Olavo adianta que ela não sumirá com o menino, pois botará dois amigos em sua cola. Olavo diz a Zen que custeará com Bianca o processo e exame de DNA para que ele assuma seu filho. Caio e Pepeu se preocupam, pois João Pedro não dormiu em casa. Bianca reconhece que está orgulhosa da mudança de Olavo e Bárbara pergunta se ela ainda ama o seu pai. Mariana diz a Edu que sua menstruação está atrasada e que pode estar grávida de verdade. João Pedro chega em casa bêbado e desmaia na cadeira. Caio tenta reanimá-lo.


Luz do Sol
Bernardo explica a Drica que foi ele quem combinou com Georgi aquele encontro no Jardim Botânico, pois queria conversar com ela longe da praia e dos fofoqueiros de plantão. Bernardo beija Drica - alguém escondido bate fotos do casal. Agenor e Mascote fogem da guarda costeira, que atira para cima. Milena oferece dinheiro para Kayla entregar documentos que comprometam Freddy. Kayla se recusa a prejudicar seu chefinho. Verônica esbarra em Tom que deixa cair toda a papelada embaralhando os processos. Ela pede desculpas calmamente, ele estranha e pergunta se vai ficar só nisso. Ela se abaixa e pega algumas pastas e entrega para Tom, que fica boquiaberto com a atitude dela. Tom lê satisfeito o e-mail que recebeu de Verônica como "Amor Perfeito". No Jardim Botânico, Bernardo vai ao banheiro deixando Drica sozinha. Alguém encapuzado chega por traz da menina e a agarra. Drica, desesperada, esperneia e tenta soltar-se, em vão. Vai gritar, mas a pessoa tapa-lhe a boca. Ela morde a mão da pessoa, se debate, consegue se soltar e corre mata adentro, desesperada. Em Saquarema, Agenor se embrenha na mata fugindo da guarda costeira. Joaquim liga para Georgi dando conta de que o plano de ambos está dando certo. Guiga se despede de George com um beijo no rosto e ela fica meio atônita. Stella confessa a mãe que está preocupada: desde que a Drica começou a terapia com a Lorena, há a possibilidade dela se lembrar de tudo que aconteceu.Isso pode ser uma coisa boa. Mas também pode destruir a família... Drica grita por Bernardo enquanto é perseguida pela mata. Ele ouve os gritos e consegue encontrá-la, mas não acredita que alguém a agarrou. De longe, escondido, o perseguidor observa. Agenor entra em luta com um policial e o desarma. Vicente diz a Eliana que está a maior confusão lá fora, que estão perseguindo uns caras. Rick diz a Marcelo que insistira com Bernardo na contratação de Vicente na fábrica de pranchas. Agenor bate com uma pedra na cabeça do policial, que desmaia. Belquiss insiste que quer que a filha Nina volte dos estados Unidos, mas Marcelo é contra a filha largar tudo o que conquistou. Drica pergunta para Isabela por que ela a incomoda tanto, mas a irmã se faz de desentendida. Helô chega suja de lama e suada em casa e diz que fez uma escalada. . Pedro também chega suado e sujo em casa e disfarça dizendo que estava malhando. Clemente se compromete com Milena a convencer Kayla a entregar os documentos que comprometem Freddy. Freddy é informado por telefone que a transação com a mercadoria deu problema em Saquarema. Um policial vai à casa de Eliana e Vicente com uma ordem de prisão para Agenor. A polícia rende Agenor; Mascote consegue fugir.


Vidas Opostas
Nogueira deixa o carro perto da delegacia. Boris, com uma pasta bojuda nas mãos, se encosta ao carro do delegado. Carmo desconfia da tranqüilidade de Nogueira em relação ao depoimento que o presidente da associação de moradores do Torto dará no dia seguinte. Boris coloca no carro de Nogueira, debaixo do banco, a mesma bomba que ele desarmara na casa de Rosária. Helio diz a Nogueira que Jacson vai deportar o gringo do Torto para o inferno. Margarida acha Berloque muito abatido, mas Lisinha nega, afirmando que ele é um verdadeiro garanhão. Marcos se decepciona quando Carla lhe segreda que está apaixonada. Carlinhos confessa a Mariana que entrou para o tráfico de drogas do Torto. Marcelo se revolta por ter que falar com Jacson antes de depor na polícia. Nogueira sai com o carro e Boris o segue. Boris liga para a delegacia avisando que há uma bomba no carro do delegado, e que, se ele se levantar do banco, tudo irá pelos ares. Carmo avisa da bomba para Nogueira que fica apavorado. Boris acompanha tudo de longe, às gargalhadas - afinal, Nogueira prova de seu próprio veneno... Carlinhos diz a Mariana que se ela telefonar para ele é porque topa ser namorada de bandido. Ela se despede dele com um ardente beijo na boca. Torres elogia a pontaria de Carlinhos para Jacson. Joana fica sabendo da ordem de Jacson para que ninguém deponha na polícia sem antes falar com ele. Jacson ameaça Marcelo e o obriga a dizer no depoimento que não sabe de nada. Nogueira acha a bomba e implora que Carmo mande o esquadrão para desarmá-la. Hélio é comunicado que há uma bomba no carro de Nogueira. Leonardo e Marcos resolvem acompanhar a história da bomba de perto. Boris fotografa Nogueira em pânico, suado, apavorado. Mário diz a Felix que um amigo seu, que era da polícia política na ditadura militar, irá investigar Boris junto à Interpol. O desarmador do esquadrão antibombas leva os policiais (Helio, Carmo e Silvio) para além do cordão de isolamento. Nogueira diz ao desarmador que precisa ir ao banheiro, mas o especialista manda que ele agüente firme ou se alivie ali mesmo. A equipe de tevê chega ao local. O desarmador não encontra nenhum dispositivo de detonação na porta e abre o carro com cuidado para examinar a parafernália com o auxílio de um espelho. Nogueira implora a Deus para não morrer. No meio da multidão formada além do cordão de isolamento, Boris observa a cena com um sorriso sarcástico.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)