Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

11/02/2011 07:56

Novela da Record

Ribeirão do Tempo
Nasinho encontra Virgílio na boate. Nasinho diz para ele continuar de olho nos movimentos de Iara e ele concorda. Nicolau apresenta Flores a Karina. Os três vão à biblioteca para conversar. Nasinho diz a Vera que está quase convencendo Zuleide de fazer sexo a três. Ela diz que é paga para satisfazer a freguesia. Karina diz que quer participar da revolução que Flores está preparando. Ele e Nicolau explicam todo o plano para moça.

Querêncio diz a Marisa que está sentindo o peso da responsabilidade. Ela o aconselha a não perder as esperanças em relação ao resort e se beijam. Karina pergunta se flores quer matar o presidente com um tiro. Ele diz que não, que ele tem que morrer de uma forma bem brasileira. O professor diz que vai ser uma execução difícil. Sonia diz à mãe que não queria se casar em casa. Virgínia explica que, devido à situação, quanto mais simples melhor. Ela ainda reclama que não quer morar com seu pai depois do casamento. Virgínia diz que o dinheiro que ela e Patrícia ganham não dá pra sustentar um aluguel.

As duas dizem que a criança virá com uma grande missão de paz. André e seu pai brigam por causa do casamento. Lincon se arrepende e chama o filho para ter uma conversa. Ele aconselha o filho a tomar cuidado com Ajuricaba. Karina agradece a Flores por confiar nela. Nicolau diz a Karina que ela tem que ir morar o mais rápido possível na fazenda. Ela diz que não pode sair de casa de uma hora para outra e ele a tranqüiliza dizendo que vão preparar a chegada dela. Célia conta a Bruno que o prefeito pretende fazer o dia da cachaça em Ribeirão.

Ele recebe um telefonema da obra e fica assustado. O mestre de obras do resort diz a Bruno que os operários estão inquietos com a notícia da paralisação. Ele fica nervoso e diz que vai correndo até lá. Bruno pede para Célia ligar para Arminda e pedir para ela ir até a obra. Arminda conta a Querêncio o problema no canteiro de obras. Ele decide ir falar com os funcionários. Marisa e Arminda o aconselham a não ir, mas ele diz que é do povo e vai até eles. Bruno e Matias ficam desesperados enquanto um operário discursa para o resto. O professor mostra uma bomba artesanal para sereno. Flores diz a Sereno que pretende explodir a prefeitura.

Ele diz que o Comando Invisível tem que falar para os operários virem em marcha para a cidade e invadirem a prefeitura. Sereno vai repassar a ordem para o Comando. Querêncio chega a obra para conversar com os trabalhadores. Bruno e Matias ficam mais tranqüilos. Léia conta a Joca sobre a ira dos operários e que o prefeito foi até lá apaziguar a situação. Ele quer saber seArminda foi também e sua mãe diz que não. Querêncio começa a discursar e Jorge o interrompe. O prefeito o chama de companheiro e o operário diz que ele não é companheiro de bacana.

A confusão se alastra e todos gritam que vão quebrar as coisas. Lincon chega com sua máquina e pergunta a Bruno o que está acontecendo. Joca mexe no grampo que fez no casarão. Flores arma a bomba. Ele vai até a janela e vê Joca andando disfarçando. Ele diz que a hora de Joca está chegando. Joca troca as fitas do gravador sem ser percebido. Ele vai até o trabalho de Arminda. Ela conta a Joca os problemas com os operários. Ele diz que o professor vai aproveitar da confusão para tentar alguma coisa. Ela fica preocupada e pede para que ele tome cuidado e eles se beijam.

Flores diz ao general que eles conseguiram e que ele está empenhado em fazer os trabalhadores reagirem. Completa que ele terá uma notícia bombástica. Querêncio fica chateado por não ter conseguido nada com os operários. Matias diz a ele que Jorge é representante do Comando Invisível. Jorge propõe aos outros operários irem para cidade fazer uma passeata. Karina diz a Zuleide que mandou as fotos para Filomena. Virgílio recebe a encomenda de Filó e põe no quarto dela. Filó chega à prefeitura e Sancha diz a ela que o pai foi até o canteiro tentar resolver a situação com os operários.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)