Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

07/08/2012 12:40

Novas regras para motoboys são adiadas e vão entrar em vigor apenas em 2013

Agência do Rádio

Os motoboys e mototaxistas de todo o Brasil têm até fevereiro de 2013 para fazer o curso de qualificação e utilização de equipamentos de segurança. A lei entraria em vigor no último dia quatro. A decisão do Conselho Nacional de Trânsito, o Contran, foi tomada na última semana, para dar mais tempo para a capacitação desses profissionais. Para a coordenadora geral de Qualificação do Valor Humano no Trânsito do Denatran, Maria Cristina Hoffmann, ainda há falta de cursos para suportar a demanda.

Coordenadora geral de qualificação do valor humano no trânsito do Denatran, Maria Cristina Hoffmann

\\\"Os Detrans e as entidades que deveriam ter ministrado o curso em todo o Brasil não ofereceram a demanda necessária. Esse curso ele deveria ter sido disponibilizado pelo Detran e pelas entidades por eles credenciadas para isso e não houve uma oferta de curso que atendesse a demanda. Nós temos hoje quase um milhão de motofretistas no Brasil e não houve oferta de curso suficiente.\\\"

O presidente do Sindicato dos motoboys do Rio Grande do Norte, José Barreto de Melo, afirma que as auto-escolas ainda não estão preparadas para capacitar os profissionais. Ele destaca que o adiamento da lei vai ajudar os motoboys e mototaxistas a se adequar às regras.


\\\"A auto-escola que vai fornecer o curso tinha que comprar as motocicletas. Então, a gente sabe que em todo o País tem essa dificuldade. Esse período até fevereiro foi ótimo porque dá tempo para a gente se qualificar. A gente achou bom também porque a gente vai colocando os equipamentos de segurança na motocicleta.\\\"

De acordo com a lei que vai entrar em vigor em fevereiro de 2013, para exercer a profissão de motoboy ou mototaxista, o motociclista deve, além de fazer o curso, ter idade mínima de 21 anos, carteira de motorista na categoria A com vencimento de no mínimo dois anos. A moto deve ser branca. Os profissionais devem andar com capacetes refletivos, proteção para motor e pernas e coletes luminosos. Os custos com os equipamentos de segurança podem variar de 192 a 268 reais.

Reportagem, Rodrigo Nunes


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)