Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/06/2015 20:18

Novamente nos pênaltis, Brasil é eliminado pelo Paraguai

Gazeta Esportiva

O roteiro foi bem parecido. Assim como na Copa América de 2011, o Paraguai eliminou a Seleção Brasileira nas quartas de final - e agora terá pela frente a Argentina. A exemplo de quatro anos atrás, também nos pênaltis: 4 a 3, desta vez depois de empate por 1 a 1 no tempo normal, no Estádio Collao, em Concepción.

Se naquela ocasião todos os quatro brasileiros cobradores erraram, agora foram dois os vilões: Everton Ribeiro (que entrou nos minutos finais no lugar de Robinho, autor do gol), em chute rasteiro para fora, e Douglas Costa, que isolou a bola. Pelo Paraguai, o único a desperdiçar foi Santa Cruz, batendo a bola por cima do travessão de Jefferson.

O gol de Robinho, aos 14 minutos, chegou a deixar o time brasileiro à frente no placar. Um belo gol de jogada coletiva que passou a impressão de que a partida seria tranquila. Não foi. O Paraguai partiu para o ataque, impôs sufoco e foi premiado com um gol de pênalti, marcado por Delis González, na segunda etapa. Foi dele também a última cobrança na disputa decisiva.

O duelo com a Argentina está marcado para terça-feira, dia seguinte ao confronto entre Chile e Peru. O palco será novamente o estádio municipal de Concepción, às 20h30 (de Brasília).

Neste sábado, o primeiro tempo terminou com pressão paraguaia, mas começou com um Brasil muito agressivo, determinado a sair à frente no marcador. Logo com um minuto de jogo, Philippe Coutinho arriscou de fora da área e obrigou o goleiro Villar a espalmar a bola para escanteio.

Uma desatenção defensiva, oito minutos mais tarde, quase estragou os planos, porém. Em rápido contragolpe, Delis González foi acionado dentro da área, pelo lado direito, e cruzou rasteiro. O passe buscava Santa Cruz, que só não recebeu a bola porque Thiago Silva, mesmo desequilibrado, esticou-se ao máximo e a afastou pela linha de fundo antes de cair.

Passado o susto, o time brasileiro encaixou ótima troca de passes e balançou a rede rival. De pé em pé, a bola mudou de lado e chegou até a direita, de onde Daniel Alves fez cruzamento rasteiro. Philippe Coutinho deixou que a bola passasse e chegasse novamente a Robinho, no meio da área. O atacante bateu de primeira e concluiu com gol a bela jogada coletiva.

Apesar de a equipe de Dunga mostrar maturidade com a bola nos pés, o gol precoce a fez recuar mais do que o necessário. O Paraguai, antes satisfeito em se defender, passou a povoar mais o campo ofensivo e, por pouco, não empatou aos 29 minutos, quando um atraso de cabeça da zaga surpreendeu Jefferson. Encoberto, ele deu um passo para trás e agarrou a bola.

O lance não transmitiu segurança, mas foi exceção. Depois disso, o goleiro brasileiro foi acionado em uma série de bolas aéreas e se saiu bem em todas. Também se mostrou atento nas poucas finalizações de fora da área. A pressão paraguaia, embora visível, não chegou a ameaçar efetivamente a vantagem do Brasil, que sofreu mais com as entradas faltosas do adversário.

No retorno do intervalo, o time treinado por Ramón Díaz persistiu na busca pelo empate, e Jefferson iniciou a segunda etapa espalmando bolas. Uma delas, aos 16 minutos, muito difícil, em cabeceio de Paulo da Silva após cobrança de escanteio. O rival crescia, e o empate parecia questão de tempo. Como, de fato, foi. Aos 24 minutos, um toque de mão de Thiago Silva dentro da área permitiu que o Paraguai marcasse em cobrança de pênalti cobrada por Delis González.

Sem novas grandes chances de gol - mesmo com a entrada de Everton Ribeiro no lugar de Robinho -, a vaga foi decidida nos pênaltis. O descansado meia, a propósito, foi o segundo brasileiro a cobrar, o primeiro a errar, depois de Fernandinho marcar. Na quarta cobrança, após gol de Miranda, Douglas Costa também desperdiçou. Mas o Paraguai foi melhor. Apenas Santa Cruz errou. Martínez, Cáceres, Bobadilla e González colocaram o adversário diante da Argentina, na semifinal.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)