Cassilândia, Sábado, 25 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

21/04/2010 14:21

Nova prioridade de Comissão Indigenista será conflito em Mato Grosso do Sul

Luana Lourenço, Agência Brasil

Brasília - Um ano após a confirmação da demarcação em área contínua da Terra Indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima, a prioridade das lideranças indígenas que integram a Comissão Nacional de Política Indigenista (CNPI) será encontrar soluções para o conflito fundiário entre índios e o agronegócio em Mato Grosso do Sul.



A disputa está concentrada na região de Dourados, onde os guarani-kaiowá brigam há anos com fazendeiros pela demarcação de terras indígenas. A região é o principal foco de assassinatos e suicídios de índios, de acordo com o Conselho Indigenista Missionário (Cimi).



“A questão das terras indígenas no Brasil ainda precisa caminhar muito. O foco agora será Mato Grosso do Sul, a questão dos guarani-kaiowá ”, disse a educadora Pierlângela Cunha. De acordo com a liderança wapixana, que integra a CNPI, a mediação de conflitos indígenas deve integrar políticas públicas para chegar a resultados efetivos.



“É preciso que outros órgãos também lancem o olhar sobre as comunidade indígenas, não só a Funai [Fundação Nacional do Índio]”.



A CNPI é um órgão consultivo, ligado ao Ministério da Justiça, que reúne ministérios e representantes indígenas. Sem caráter deliberativo, a função do colegiado é propor diretrizes para a política indigenista oficial. A próxima reunião da CNPI está prevista para maio.


Edição: Graça Adjuto

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 25 de Fevereiro de 2017
Sexta, 24 de Fevereiro de 2017
06:26
Loterias
06:23
Loterias
06:20
Loterias
06:15
Loterias
Quinta, 23 de Fevereiro de 2017
Quarta, 22 de Fevereiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)