Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

07/01/2014 18:01

Nova lei proíbe homenagens a torturadores e corruptos em Campo Grande

Campo Grande News

A partir de hoje fica proibido no município de Campo Grande homenagens públicas com uso de nomes de torturadores e de pessoas que tenham praticado atos de lesa-humanidade, violação de direitos humanos e envolvidos em crimes de corrupção. A vedação está prevista na Lei nº 5.280, sancionada pelo prefeito Alcides Bernal (PP) e publicada hoje no Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande).

“Fica proibido o uso de nomes de torturadores e de pessoas que tenham praticado atos de lesa-humanidade, violação de direitos humanos, ou deles sido historicamente consideradas participantes e envolvidos em crimes de corrupção, em homenagens no Município de Campo Grande/MS, como denominação de logradouros e equipamentos públicos e comendas ofertadas por quaisquer esferas do Poder Público Municipal”, diz o Art. 1º da nova lei, esclarecendo em seu parágrafo único que a proibição se estende a nomes de praças, parques e edifícios.

Dentro do espírito dessa nova norma, os projetos de lei para a denominação de logradouros e equipamentos públicos e de próprios municipais com nomes de pessoas dependerão, obrigatoriamente, de deliberação das seguintes Comissões: Comissão Permanente de Cultura, Comissão Permanente de Defesa do Consumidor, Comissão Permanente de Cidadania e Direitos Humanos e Comissão Permanente de Segurança Pública da Câmara Municipal de Campo Grande, sem prejuízo das demais, que analisará o histórico do homenageado.

Um dos dispositivos da norma incumbe à Prefeitura de Campo Grande o dever de alterar gradativamente os nomes de logradouros que, eventualmente, fazem homenagens a torturadores, corruptos e responsáveis por violações de direitos humanos.Esses nomes deverão ser substituídos preferencialmente pelos nomes das pessoas que foram vitimadas por ocasião das agressões sofridas.

A nova lei será regulamentada no prazo de 90 dias a partir da publicação, que aconteceu nesta terça-feira (7). O projeto que resultou na normal legal é de autoria do vereador Vanderlei Cabeludo (PMDB).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)