Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

28/10/2007 16:05

Nota explicativa sobre providências adotadas

Funasa

Nota explicativa sobre providências adotadas em Roraima


1. A presidência da Fundação Nacional de Saúde, através das Portarias 1.269 e 1.270, de 26 de outubro de 2007, decidiu exonerar Ramiro José Teixeira e Silva, do cargo de coordenador Regional da Funasa de Roraima, e dispensar João Ponciano de Oliveira Dias, do encargo de substituto eventual de coordenador regional da instituição.



2. Foram criadas duas comissões pelas Portarias 1.286 e 1.287, que serão instaladas a partir desta segunda-feira, 29 de outubro. Uma com a finalidade de gerir a Coordenação Regional em Roraima e outra de inspeção, que vai subsidiar uma ampla auditoria na unidade. As comissões são formadas por técnicos de carreira da instituição.



3. Os auditores fizeram um levantamento minucioso de todos os contratos elaborados pela Coordenação Regional de Roraima com empresas de táxi aéreo e apuraram denúncias sobre a contratação de horas/vôo, em outubro de 2005, onde foram constatadas evidências de formação de cartel nas licitações. A Funasa destaca que os resultados de auditorias anteriores já foram encaminhados ao Ministério Público Federal desde 29 de junho de 2006.



4. As coordenações regionais têm autonomia, de forma descentralizada, para fazer os contratos de horas/vôos com empresas de táxi aéreo para não interromper a remoção de pacientes da população indígenas das aldeias e o deslocamento de profissionais de saúde da instituição, cujo acesso se dá quase que exclusivamente por via aérea na área Yanomâmi. Portanto, não existe nenhum contrato firmado pela Presidência da Funasa.



5. A Presidência da Funasa encaminhou um ofício ao Comando da Aeronáutica propondo uma parceria para utilização das aeronaves militares no atendimento a casos de emergência até que seja resolvida a regularização dos contratos no Estado de Roraima, que conta com a terceira maior população indígena do País, totalizando cerca de 40 mil índios.



6. Com relação ao fretamento de aeronaves das empresas de táxi aéreo no Amazonas, a Funasa informa que o Tribunal de Contas da União suspendeu, por medida cautelar, a licitação que estava em andamento. No momento, há uma nova licitação em curso, ressaltando que a empresa que vem prestando atualmente os serviços não se refere a nenhuma das empresas até agora divulgadas pela imprensa relativamente ao caso de Roraima.



7. Por fim, a Funasa se coloca a disposição para qualquer esclarecimento e vai continuar adotando medidas para garantir a transparência aos atos de gestão.



Atenciosamente,

Assessoria de Imprensa

Fundação Nacional de Saúde (Funasa)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)