Cassilândia, Segunda-feira, 28 de Maio de 2018

Últimas Notícias

19/03/2007 21:14

Nota à imprensa

Funasa

Sobre a situação em Minas Gerais na aldeia indígena do município de Carmésia, em Minas Gerais, que fica a 200 quilômetros de Belo Horizonte, a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), órgão executivo do Ministério da Saúde informa que:

1 - A Funasa informa que os funcionários da instituição mantidos reféns desde a última quinta-feira (15/3) pelos índios da etnia Pataxó foram liberados no final da tarde de hoje (19/03).

2 - Os dois funcionários serão levados para avaliação médica e psicológica.

3 - A liberação se deu após as negociações feitas pela equipe composta pelo coordenador regional substituto da Funasa em Minas Gerais, Ronaldo Cerqueira Lima, e representantes da Polícia Federal, Ministério Público e Procuradoria da República do Estado de Minas Gerais e as lideranças indígenas.

6 - As reivindicações dos indígenas foram formalizadas em documento e serão encaminhadas para a diretoria da Funasa em Brasília.

7 - A Funasa esclarece que não faltam medicamentos de atenção básica na aldeia. Para atender a demanda de remédios que não são fornecidos pela rede SUS, a Fundação está finalizando um processo de pregão para aquisição dos mesmos

8 - Na última sexta-feira (16), a Funasa liberou R$ 500 mil para a compra dos medicamentos que são mais urgentes, com dispensa de licitação. A Fundação acredita que, até o final desta semana, o problema esteja sanado.

9 - Finalmente, a Presidência da Funasa informa que atitudes antidemocráticas que colocam em risco a vida de funcionários da Fundação que atuam em atendimento à saúde indígena em território nacional, em nada contribuem para a melhoria do atendimento às comunidades. Adverte ainda que não aceita negociar quando essas atitudes visam exclusivamente burlar a Legislação Brasileira que deve ser cumprida, mesmo em se tratando de indígenas brasileiros.

10 - Certos de sua compreensão nos colocamos à disposição para mais esclarecimentos.


Atenciosamente,

Assessoria de Imprensa
Fundação Nacional de Saúde (Funasa)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)