Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

09/07/2014 18:49

Nos pênaltis, Argentina vence Holanda e vai à final contra a Alemanha

FPF

Em busca da decisão da Copa do Mundo 2014, Holanda e Argentina se enfrentaram nesta quarta-feira (9), em São Paulo, pela fase semifinal da competição, ficaram no empate sem gols no tempo normal e prorrogação e nos pênaltis, a Argentina venceu por 4 a 2 e se classificou para enfrentar a Alemanha na grande final.

A Holanda procurava tocar a bola nos primeiros minutos de partida, mas a Argentina se lançava com iniciativa ofensiva no campo de ataque e conseguia se posicionar para tentar chances de gol.

Aos 14, a Argentina teve falta a seu favor e Messi mandou direto para as mãos de Cillessen. Os argentinos conseguiam ter a posse de bola e forçavam os holandeses a ficar na marcação.

Em cobrança de escanteio, Lavezzi mandou a bola na área e Garay tentou o desvio, mas sem sucesso. Aos 31, a Holanda teve sua primeira boa chance de gol, com Sneijder arriscando o chute e Romero defendendo.

A Holanda marcava forte e deixava pouco espaço para os argentinos pressionarem. Aos 43, Messi tentou colocar a bola na área em cobrança de falta, mas sem sucesso.

No começo do segundo tempo, Sneijder bateu falta mas mandou a bola para fora. A Argentina continuava tocando a bola e a Holanda buscando espaço para o contra-ataque.

Aos 12, em jogada na área argentina feita por Lavezzi, Higuaín tentou desviar de cabeça mas Janmaat apareceu para fazer o corte. A partida se mantinha disputada no meio de campo e com poucas chances de gol.

Lavezzi invadiu a área aos 25 e foi para o arremate, bloqueado por Vlaar. Em cobrança de falta dois minutos depois, Messi mandou a bola longe da meta holandesa.

A Argentina teve boa chance aos 29, quando Pérez recebeu a bola e dominou pela direita, fazendo o cruzamento para Higuaín desviar e mandar a bola pela de fundo.

Sneijder bateu falta aos 31 e não conseguiu mandá-la na direção da grande área. A Argentina arriscou em chute de longa distância de Rojo, defendido por Cillessen.

Aos 45, Robben recebeu na entrada da área, fez a tabela com Sneijder e tentou o arremate, mas a defesa argentina cortou antes da tentativa de finalização.

O jogo foi para a prorrogação. A Holanda tocava a bola e buscava abrir espaço, com a Argentina marcando forte e se mantendo à espera da posse de bola. Aos seis minutos, Robben apareceu na área para a jogada, sendo travado na hora da finalização.

Fora da área, Robben arriscou o chute e Romero ficou com a bola. A Argentina arriscou em cobrança de falta de Messi, que lançou a bola na área no final do primeiro tempo da prorrogação e Cillessen foi para afastar a bola.

No começo do segundo tempo da prorrogação, de Vrij mandou o chute forte mas longe do gol argentino. A Argentina respondeu em jogada de Palacio, que recebeu a bola na área, dominou mas não conseguiu colocar a bola no gol.

Messi fez o cruzamento para Maxi Rodríguez chegar e arriscar de primeira para nova defesa do goleiro holandês. A Holanda tocava a bola e teve chance quando Janmaat deixou para para Kuyt tentar o lance e a defesa argentina tirou a bola.

O empate acabou levando a decisão para os pênaltis. Vlaar abriu a série para os holandeses e Romero foi para a defesa. Messi abriu a série argentina e marcou o gol. A segunda cobrança holandesa foi de Robben, que empatou o placar.

Garay bateu forte na bola e recolocou a Argentina na frente do placar. Para a Holanda, Sneijder mandou para nova defesa de Romero e Agüero fez o terceiro gol argentino.

A Holanda reagiu com o gol de Kuyt. Coube a Maxi Rodríguez marcar o gol que levou a Argentina à final da Copa do Mundo.

Ficha Técnica

Holanda 0 (2) x (4) 0 Argentina

Local: Arena Corinthians, São Paulo;

Árbitro: Cuneyt Cakir (TUR);
Assistentes: Bahattin Duran (TUR) e Tarik Ongun (TUR);

Holanda: Cillessen; De Vrij, Vlaar e Martins Indi (Janmaat); Blind, Wijnaldum, Robben, Sneijder e Kuyt; De Jong (Clasie) e Van Persie (Huntelaar).
Técnico: Louis Van Gaal.

Argentina: Romero; Zabaleta, Demichelis, Garay e Rojo; Mascherano, Biglia e Enzo Pérez (Palacio); Messi, Higuain (Agüero) e Lavezzi (Maxi Rodríguez).
Técnico: Alejandro Sabella.

CA: Martins Indi e Huntelaar (HOL); Demichelis (ARG)

Pênaltis: Holanda 2 (Robben e Kuyt) x 4 Argentina (Messi, Garay, Agüero e Maxi Rodríguez)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)