Cassilândia, Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017

Últimas Notícias

09/07/2014 18:49

Nos pênaltis, Argentina vence Holanda e vai à final contra a Alemanha

FPF

Em busca da decisão da Copa do Mundo 2014, Holanda e Argentina se enfrentaram nesta quarta-feira (9), em São Paulo, pela fase semifinal da competição, ficaram no empate sem gols no tempo normal e prorrogação e nos pênaltis, a Argentina venceu por 4 a 2 e se classificou para enfrentar a Alemanha na grande final.

A Holanda procurava tocar a bola nos primeiros minutos de partida, mas a Argentina se lançava com iniciativa ofensiva no campo de ataque e conseguia se posicionar para tentar chances de gol.

Aos 14, a Argentina teve falta a seu favor e Messi mandou direto para as mãos de Cillessen. Os argentinos conseguiam ter a posse de bola e forçavam os holandeses a ficar na marcação.

Em cobrança de escanteio, Lavezzi mandou a bola na área e Garay tentou o desvio, mas sem sucesso. Aos 31, a Holanda teve sua primeira boa chance de gol, com Sneijder arriscando o chute e Romero defendendo.

A Holanda marcava forte e deixava pouco espaço para os argentinos pressionarem. Aos 43, Messi tentou colocar a bola na área em cobrança de falta, mas sem sucesso.

No começo do segundo tempo, Sneijder bateu falta mas mandou a bola para fora. A Argentina continuava tocando a bola e a Holanda buscando espaço para o contra-ataque.

Aos 12, em jogada na área argentina feita por Lavezzi, Higuaín tentou desviar de cabeça mas Janmaat apareceu para fazer o corte. A partida se mantinha disputada no meio de campo e com poucas chances de gol.

Lavezzi invadiu a área aos 25 e foi para o arremate, bloqueado por Vlaar. Em cobrança de falta dois minutos depois, Messi mandou a bola longe da meta holandesa.

A Argentina teve boa chance aos 29, quando Pérez recebeu a bola e dominou pela direita, fazendo o cruzamento para Higuaín desviar e mandar a bola pela de fundo.

Sneijder bateu falta aos 31 e não conseguiu mandá-la na direção da grande área. A Argentina arriscou em chute de longa distância de Rojo, defendido por Cillessen.

Aos 45, Robben recebeu na entrada da área, fez a tabela com Sneijder e tentou o arremate, mas a defesa argentina cortou antes da tentativa de finalização.

O jogo foi para a prorrogação. A Holanda tocava a bola e buscava abrir espaço, com a Argentina marcando forte e se mantendo à espera da posse de bola. Aos seis minutos, Robben apareceu na área para a jogada, sendo travado na hora da finalização.

Fora da área, Robben arriscou o chute e Romero ficou com a bola. A Argentina arriscou em cobrança de falta de Messi, que lançou a bola na área no final do primeiro tempo da prorrogação e Cillessen foi para afastar a bola.

No começo do segundo tempo da prorrogação, de Vrij mandou o chute forte mas longe do gol argentino. A Argentina respondeu em jogada de Palacio, que recebeu a bola na área, dominou mas não conseguiu colocar a bola no gol.

Messi fez o cruzamento para Maxi Rodríguez chegar e arriscar de primeira para nova defesa do goleiro holandês. A Holanda tocava a bola e teve chance quando Janmaat deixou para para Kuyt tentar o lance e a defesa argentina tirou a bola.

O empate acabou levando a decisão para os pênaltis. Vlaar abriu a série para os holandeses e Romero foi para a defesa. Messi abriu a série argentina e marcou o gol. A segunda cobrança holandesa foi de Robben, que empatou o placar.

Garay bateu forte na bola e recolocou a Argentina na frente do placar. Para a Holanda, Sneijder mandou para nova defesa de Romero e Agüero fez o terceiro gol argentino.

A Holanda reagiu com o gol de Kuyt. Coube a Maxi Rodríguez marcar o gol que levou a Argentina à final da Copa do Mundo.

Ficha Técnica

Holanda 0 (2) x (4) 0 Argentina

Local: Arena Corinthians, São Paulo;

Árbitro: Cuneyt Cakir (TUR);
Assistentes: Bahattin Duran (TUR) e Tarik Ongun (TUR);

Holanda: Cillessen; De Vrij, Vlaar e Martins Indi (Janmaat); Blind, Wijnaldum, Robben, Sneijder e Kuyt; De Jong (Clasie) e Van Persie (Huntelaar).
Técnico: Louis Van Gaal.

Argentina: Romero; Zabaleta, Demichelis, Garay e Rojo; Mascherano, Biglia e Enzo Pérez (Palacio); Messi, Higuain (Agüero) e Lavezzi (Maxi Rodríguez).
Técnico: Alejandro Sabella.

CA: Martins Indi e Huntelaar (HOL); Demichelis (ARG)

Pênaltis: Holanda 2 (Robben e Kuyt) x 4 Argentina (Messi, Garay, Agüero e Maxi Rodríguez)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 22 de Outubro de 2017
Sábado, 21 de Outubro de 2017
10:00
Receita do dia
Sexta, 20 de Outubro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)