Cassilândia, Quinta-feira, 03 de Dezembro de 2020

Últimas Notícias

10/08/2020 09:40

Norte avança na reabertura; Sul toma medidas mais rígidas

Demais regiões apresentam situação de estabilidade ou retomada

Agência Brasil
Norte avança na reabertura; Sul toma medidas mais rígidas

Quando a pandemia do novo coronavírus impôs o isolamento social, para tentar conter o avanço do número de casos e mortes por covid-19, os governos dos 26 estados brasileiros e do Distrito Federal criaram planos que definem a retomada gradual das atividades econômicas. Em boa parte dos estados, esses planos resultaram em reabertura, com regras, de diversos setores. A Agência Brasil vem acompanhando, quinzenalmente, a execução desses planos. No final de junho, foi publicado o primeiro levantamento, no início de julho, o segundo e, na terceira semana de julho, o terceiro .

O Norte e o Nordeste, em geral, aumentaram a abertura de suas economias, enquanto o Sul tomou medidas mais rígidas para conter a pandemia.

Em alguns estados, como Acre e Rondônia, os governos locais reclassificaram municípios de acordo com planos de retomada, com expansão do funcionamento de mais setores, como no Amapá. Em outros casos, a retomada incluiu a abertura de novas atividades. O Amazonas, primeiro estado a sofrer com a pandemia, já marcou o cronograma de volta às aulas presenciais.

O Piauí e o Rio Grande do Norte estão com processo de retomada de diversos setores econômicos.

Já o governo gaúcho vai aumentar a testagem no estado. O programa Testar RS está ampliando o número de testes diários de RT-PCR que vai saltar de mil para 8 mil testes diários. Em Santa Catarina, 209 municípios estão com o transporte coletivo interrompido.

MATO GROSSO DO SUL

Em Mato Grosso do Sul, o Programa de Saúde e Segurança da Economia (Prosseguir) divulgou na semana passada seu segundo relatório situacional (da 30 ª semana epidemiológica) com dois municípios na faixa amarela (grau tolerável), 39 na laranja (grau médio), 35 na vermelha (grau alto) e três na preta (grau extremo). Com relação ao primeiro mapa, 38 municípios mantiveram o grau de risco, 37 melhoraram e quatro pioraram.

Essas faixas de risco definem recomendações sobre quais atividades econômicas devem funcionar no município, da seguinte forma: grau baixo - funcionamento de todas as atividades; grau tolerável – essenciais e não essenciais de baixo, médio e alto risco; grau médio – essenciais de não essenciais de baixo e médio risco; grau alto – essenciais e não essenciais de baixo risco e grau extremo – apenas atividades essenciais.

“Estamos no pior momento da pandemia, por isso é essencial que adotemos critérios técnico-científicos para conter o avanço da doença. A atualização dos dados por parte dos municípios refletiu na melhora da classificação de alguns municípios, mas isso não significa que estamos fora de risco. O momento requer vigilância, redução das atividades de risco e celeridade na adoção das medidas para redução do número de casos”, enfatizou o secretário de Governo, Eduardo Corrêa Riedel.

A capital Campo Grande, que está enquadrada no grau extremo (bandeira preta), só permite o funcionamento de serviços essenciais e tem toque de recolher das 21h às 5h. A assessoria de imprensa informou que não há previsão para o retorno das aulas presenciais.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 03 de Dezembro de 2020
Quarta, 02 de Dezembro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)