Cassilândia, Sábado, 27 de Maio de 2017

Últimas Notícias

09/05/2007 19:51

Noiva tenta anular casamento com motivo fútil

TJ/MS

A Quarta Turma Cível do Tribunal de Justiça confirmou, via de Apelação Cível nº 2006.014083-8, a sentença que indeferiu o pedido de anulação de casamento interposto por M. M. dos S. em desfavor de I. F. da S. sob a alegação de que o “noivo” dormira na noite de núpcias com a mesma roupa da realização do casamento.

A apelante alega que após certo tempo de namoro, contraiu casamento com o apelado, mas o mesmo não foi consumado, pois logo após a sua realização, quando ficaram a sós, não conseguiu estabelecer com o referido marido, nenhum contato físico, por mais que se esforçasse, e que também não podia imaginar que o ciúme e brigas que tiveram durante o namoro, levaria o requerido a negar-se ao congresso sexual.

O reclamado em síntese disse que na verdade o que ocorreu foi que a apelante arrependeu-se de ter casado, pois, com este ato, foi cancelada uma pensão que recebia em face do falecimento do seu primeiro marido, mas quanto ao casamento o mesmo foi plenamente consumado.

O Des. Elpídio Helvécio Chaves Martins entende que para ocorrer a anulação do casamento deve haver erro essencial e não apenas substancial como é exigido na parte geral do Código Civil. O erro, portanto, deve ser relacionado à pessoa que se contrai matrimônio devido as suas características pessoais, tais como caráter e personalidade. Não se admitindo que outros motivos que não aqueles elencados no Código Cível dêem ensejo a anulação de casamento.

Assim a Quarta Turma Cível do Tribunal de Justiça negou provimento ao recurso tendo em vista que não se configura erro essencial sobre a pessoa, apto a anular casamento, a recusa do cônjuge varão em a manter relações sociais motivada pro cumes exacerbado que possui da esposa, se a época do matrimônio esta já conhecia o defeito do marido, tendo inclusive, havido desentendimento pouco antes da cerimônia de casamento, assim, no presente caso a solução é a separação judicial.
Autoria do Texto:Secretaria de Comunicação Social

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 27 de Maio de 2017
Sexta, 26 de Maio de 2017
10:01
Cassilândia
10:00
Receita do Dia
Quinta, 25 de Maio de 2017
13:00
Dicas de segurança
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)