Cassilândia, Sábado, 31 de Outubro de 2020

Últimas Notícias

24/08/2020 14:25

Nilo foi um dos primeiros concluintes da 4ª série do São José; veja a história

O trabalho foi feito por alunos da Escola Estadual São José em 2014 e o Cassilândia Notícias encontrou hoje na internet.

Redação
A foto que consta do trabalho feito pela Escola São José em 2014A foto que consta do trabalho feito pela Escola São José em 2014

A fundação da Escola Estadual “São José” se deu no dia 27 de março de 1960, com nome de “Educandário São José”. Suas primeiras aulas foram ministradas na residência da professora “Maria do Rosário Castro, transferindo-se logo em seguida para a igreja “São José”, onde hoje se encontra a Matriz na praça pública “São José” de Cassilândia – Mato Grosso do Sul”.

Iniciou-se a construção da escola com a ajuda e dinamismo do padre “Liberato”, com a devida autorização do bispo, Sua Eminência Reverendíssima D. Antonio Barbosa, com a diocese em Campo Grande, o qual esteve presente no lançamento da pedra fundamental da Escola. Em sua fala o senhor bispo disse que: - “[...] a escola ora autorizada para iniciar, teria que continuar sempre continuar [...]”

Foi criada uma comissão fundadora da escola, composta pelos senhores Deodato Paulino Borges, Jorge Borba, Donato Paulino Borges designando João Batista de Moura para secretário. Após a ata de fundação aprovada foi levada para Paranaíba, onde residiam os padres responsáveis pela paróquia de Cassilândia.

Era uma escola de pequeno porte, constando de uma mesa de três (3) metros e dois (02) bancos laterais, como mobiliário. O horário de aulas era das 18 às 22 horas com um intervalo de 15 minutos. Os primeiros alunos eram em numero de sete (07), sendo seis do sexo masculino e um feminino.

A primeira professora foi Maria do Rosário Castro, que acumulava também o cargo de diretora. Os alunos aumentavam e houve necessidade de contratar mais uma professora, sendo esta Olívia Theodoro Barbosa. Em 1965, a escola contava com 65 alunos, sendo contratada mais uma professora: Maria Therezinha da Silva. Nessa época pelo número de alunos foi necessário separar as turmas por série, ficando 3ª e 4ª séries com Maria do Rosário Castro, 2ª série com Olívia Theodoro Barbosa e 1ª série com a professora Maria Therezinha da Silva.

No final do ano em curso já havia oitenta (80) alunos na escola. A primeira turma concluinte da 4ª série recebeu o certificado do colégio “Santa Clara” de Paranaíba, onde prestou os exames finais. Os alunos foram encaminhados a esta cidade vizinha com a ajuda de Joaquim Tenório Sobrinho, que colaborou com o transporte dos mesmos. O padre, diretor espiritual na época era “Frei Mateus”.

Os primeiros alunos concluintes da 4ª série nesta escola foram:

1- Lauro Souza Maciel;

2- Dairson Paulino de Castro;

3- Nilo Paulino de Castro;

4- João Macedo;

5- Carlos;

6- Sinibaldo;

Após chegarem de Paranaíba foi feito uma festa para entrega dos certificados. A festa realizou-se no salão de Serraria, cedido pelo senhor João Albino Cardoso, que posteriormente se tornou prefeito da cidade.

Em 1965, foram contratadas mais professoras: Eny Rezende, Carmelita Alves e Maria Odete da Silva.

Em 1967, a escola recebeu do Governador do Estado, que na época era Mato Grosso, a quantidade de 30 carteiras. O então prefeito Laerte Paes Coelho negocia com os padres e o senhor bispo a troca do terreno da escola por outro, para que este ficasse para a construção da praça central da cidade, sendo hoje a praça “São José”. A permuta constou de uma quadra de 100X100 m2,, com escritura registrada e um prédio pronto para funcionar a escola.

A escola começou então a funcionar com um pouco mais de conforto e nesse período o governo começou a pagar os professores. Em 1971, a mesma passou a ser responsabilidade do Estado, recebendo o nome de “Escola Estadual de 1º Grau São José”. Não podemos deixar de constar os padres que muito ajudaram para que a escola tivesse sua independência.

1 – Frei Francisco;

2 – Padre Xavier;

3 – Padre Paulo;

4 – Padre Bernardo;

5 – Padre Gabriel;

6 – Padre Alfredo;

7 – John Pacce.

Estudaram nesta escola, pessoas que hoje ocupam ou ocuparam lugar de destaque em nossa cidade, tais como:

1 - Celes de Castro Paulino;

2 – Sonia Ancelmo;

3 – Maria de Lourdes Tenório;

4 – Isaura de Castro Rodrigues;

5 – Maria Zélia Cardoso de Queiroz.

Em 1986, a Câmara envia ao Exmo. Senhor Governador do Estado, o requerimento da vereadora Adélia Dias dos Santos, solicitando a construção de um prédio para abrigar a Escola Estadual São José. O senhor prefeito municipal, Jair Boni Cogo, após a indicação da Câmara fez a doação do terreno ao Estado para que se pudesse iniciar a construção. No mês de agosto de 1987, ficou pronto o prédio e, em dezembro do mesmo ano foi feita a mudança para a escola nova. Esta não tinha móveis e foi recebendo pouco a pouco o mobiliário novo.

A escola funcionava com ensino de primeiras séries do 1º grau. Em 1988 inicia-se o ensino de 5ª a 8ª séries gradativamente. Em 1989 solicita a criação do ensino de 2º grau, hoje denominado legalmente de Ensino Médio. Em 1990 passa a funcionar o ensino de 2º grau sem profissionalização.

Hoje, a Escola Estadual São José funciona do 1° ao 5° ano e 6° ao 9° ano do Ensino Fundamental, 1° ao 3° ano do Ensino Médio. Oferece também o Ensino Técnico, com Eixo de Gestão em Negócios.

Foram diretores(as) dessa escola os seguintes professores:

· Maria do Rosário Castro – 1960 a 1978

· Elza faria de Queiroz – 1978 a 1983;

· Zélia Cardoso de Queiroz – 1983 a 1987;

· Marize Ferreira de Oliveira – 1987;

· Maria Aparecida Cano Lopes -1987 a 1989;

· Sonia Fernandes Barbosa (vice) -1987 a1989;

· Doraci Cleuza Fernandes da Silva – 1989 a 1990;

· Celes de Castro Paulino – 1990 a 1994;

· Eliseu Martins – 1994 a 1998;

· Eliseu Martins – 1999 a 2001;

· Adélia Dias dos Santos (adjunta) – 1999 a 2001;

· Adélia Dias dos Santos – 2002 a 2004;

· Eliseu Martins (adjunto) - 2002 a2004;

· Eliseu Martins – 2004 a 2006;

· Adélia Dias dos Santos (adjunta) – 2004 a 2006;

· Eliseu Martins – 2006 a 2008;

· Marize Ferreira de Oliveira (adjunta)– 2006 a 2008

· Eliseu Martins – 2008 a 2011

· Marize Ferreira de Oliveira (adjunta) – 2008 a 2011

· Eliseu Martins – 2012 a 2014

· Marize Ferreira de Oliveira (adjunta) – 2012 a 2014

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 30 de Outubro de 2020
10:00
Receita do Dia
Quinta, 29 de Outubro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)