Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

15/11/2008 16:20

Neto de João Goulart diz que anistia é desagravo público

Yara Aquino, ABr

Natal - O neto no ex-presidente João Goulart, deposto pela ditadura militar em 1964 e reconhecido hoje (15) pelo governo como anistiado político Cristhofer Goulart afirmou que o ato representa um “desagravo público para um presidente constitucional que foi deposto por um golpe inconstitucional”.

A decisão de anistiar João Goulart foi tomada durante julgamento da Comissão de Anistia Política do Ministério da Justiça, realizado em Natal (RN), durante a 20ª Conferência Nacional dos Advogados do Brasil.

Ele, lembrou que Jango, como era conhecido o avô, foi o único presidente brasileiro a morrer no exílio. “Que o Brasil preste uma homenagem àquele presidente que sequer teve luto oficial na data do seu falecimento. Morreu em 1976, e o silêncio foi a versão oficial do governo ditatorial que na época tinha medo da comoção popular pela morte daquele que era a personificação da queda da democracia brasileira.”

A viúva do ex-presidente, Maria Tereza Goulart, responsável pelo pedido de anistia a Jango, também foi anistiada. Ela receberá reparação econômica na forma de pensão mensal, além de uma indenização.

Jango foi eleito vice-presidente de Jânio Quadros em 1960. No ano seguinte, com a renúncia de Quadros, assumiu a presidência e foi deposto em 1964 pelos militares que então assumiram o poder. O ato marcou o início da ditadura militar no país.

O ex-presidente teve os direitos políticos cassados por dez anos e partiu para o exílio, onde permaneceu até sua morte em 1976, na Argentina. Antes, viveu no Uruguai.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)